Terça, 23 de Julho de 2024 21:43
64 99648-7654
Geral Fraude

Golpe do falso advogado cresce em Goiás;

saiba como agem os criminosos

10/07/2024 09h27 Atualizada há 2 semanas
Por: Gideone Rosa Fonte: Comunicação Sem Fronteira
Foto: Divulgação digital
Foto: Divulgação digital

O advogado criminalista Gabriel Fonseca explica que estelionatários pedem dinheiro às vítimas para liberar supostos pagamentos judiciais, que não existem

O "golpe do falso advogado" tem se espalhado rapidamente pelo Brasil, e Goiás não é exceção. Recentemente, um aumento significativo desses golpes tem sido registrado, com relatos frequentes desde novembro de 2023.

O advogado criminalista Gabriel Fonseca alerta para a gravidade e sofisticação dessas fraudes, que têm enganado inúmeras pessoas com processos judiciais em andamento.

“Os criminosos entram em contato com as vítimas, geralmente via WhatsApp, se passando por advogados ou secretárias. Eles informam que há pagamentos judiciais a serem recebidos, conseguindo assim a atenção da vítima. A seguir, solicitam o pagamento de uma quantia sob a justificativa de liberar o valor supostamente devido. Nesse momento, o golpe é concretizado”, diz Gabriel.

Segundo o advogado, essa conduta configura o crime de fraude eletrônica, previsto no Código Penal com penas de reclusão de 4 a 8 anos, além de multa. A fraude eletrônica é um tipo de estelionato que envolve a utilização de informações fornecidas pela vítima ou por terceiros induzidos ao erro por meios como redes sociais, contatos telefônicos ou e-mails fraudulentos.

“Além de fraude eletrônica, os criminosos podem ser acusados de organização criminosa, caso seja comprovado que quatro ou mais pessoas estão envolvidas no golpe. Nesse caso, a pena varia de 3 a 8 anos de reclusão”, afirma Gabriel.

Os golpistas obtêm informações sobre as vítimas através de buscas nos portais dos tribunais de justiça, onde encontram dados como nome, telefone e e-mail de pessoas com processos ativos. Com essas informações, entram em contato e iniciam a fraude.

“Caso alguém caia no golpe, é fundamental comunicar o ocorrido à delegacia de polícia mais próxima”, ressalta Gabriel. A denúncia permite que as investigações necessárias sejam conduzidas e que os criminosos sejam punidos.

O advogado enfatiza a importância de verificar a veracidade de qualquer contato relacionado a processos judiciais, principalmente quando envolve solicitações de pagamento. A orientação é sempre procurar confirmação diretamente com o advogado oficial do caso ou com o próprio tribunal de justiça.

O autor

O advogado criminalista Gabriel Fonseca (foto) explica que estelionatários pedem dinheiro às vítimas para liberar supostos pagamentos judiciais, que não existem

 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jataí, GO
Atualizado às 20h03
20°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 29°

19° Sensação
2.81 km/h Vento
38% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/07)

Mín. 15° Máx. 31°

Tempo limpo
Amanhã (25/07)

Mín. 16° Máx. 33°

Tempo limpo
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias