Terça, 23 de Julho de 2024 22:01
64 99648-7654
Educação Brasil

Senta que lá vem mais história

Imperialismo britânico na América do Sul:

17/06/2024 10h52 Atualizada há 1 mês
Por: Gideone Rosa Fonte: Revista Sociedade Militar
Foto: Divulgação digital
Foto: Divulgação digital

Brasil perde território de Pirara em disputa territorial com o Reino Unido

Pirara, um território estratégico perdido pelo Brasil para o Reino Unido. Um olhar sobre o impacto do imperialismo britânico na América do Sul e nas complexas relações internacionais

Por Santos / RSM

No conflito histórico pelo território de Pirara, uma região de 33 mil quilômetros quadrados, estrategicamente importante para o acesso ao mar do Caribe, o Brasil acabou em desvantagem frente ao Reino Unido. A disputa, que remonta ao tratado entre Portugal e Espanha em 1777, é um exemplo clássico do impacto duradouro do imperialismo britânico na América do Sul.

Em um embate histórico por uma região estratégica, o Brasil enfrentou uma grande desvantagem na contenda por Pirara, uma área de 33 mil quilômetros quadrados, comparável ao estado de Alagoas. Esta região, crucial por proporcionar uma saída para o mar do Caribe pelo rio Essequibo, foi o centro de uma longa disputa entre Brasil e Reino Unido, com o último tendo a vantagem.

Clique aqui e veja vídeo no Youtube

O território de Pirara, inicialmente sob controle português e mais tarde brasileiro após a independência, teve sua soberania desafiada no século XIX. Missionários britânicos, chegando na década de 1830, estabeleceram uma presença significativa, diminuindo a influência brasileira na região ao educar e converter os indígenas locais ao cristianismo. Isso, combinado com uma presença militar escassa do Brasil, apenas intensificou as reivindicações territoriais do Reino Unido.

Após anos de disputa entre Brasil e Reino Unido, a situação foi levada a um tribunal de arbitragem internacional em 1904, com o rei Victor Emanuel III da Itália servindo como árbitro. Apesar de uma vasta apresentação de provas pelo Brasil, incluindo documentos e cartas cartográficas, os britânicos foram favorecidos no julgamento.

Eles foram concedidos com 60% do território disputado, o que lhes deu acesso à bacia amazônica, marcando a única vez que o Brasil perdeu território em uma disputa internacional. A suspeita de parcialidade aumentou quando se descobriu que o rei italiano possuía uma predisposição contra o Brasil, possivelmente influenciando o veredicto final.

Complexidades das relações internacionais e disputas de território

A perda de Pirara não só reflete as tensões do período colonial e as práticas imperialistas do Império Britânico, mas também as complexidades das relações internacionais que continuam a ressoar até hoje. O Brasil e a Venezuela, que também foi afetada por decisões similares durante a arbitragem de Paris, ainda lidam com questões territoriais que datam dessa época.

Esta disputa territorial entre Brasil e Reino Unido ilustra as dificuldades enfrentadas pelo Brasil em proteger seus interesses contra poderes coloniais estabelecidos, ressaltando a importância de uma diplomacia robusta e vigilante em assuntos internacionais.

Fonte: Revista Sociedade Militar

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Contador de Histórias
Sobre Contador de Histórias
Saber o passado para compreender o presente e fazer um futuro ainda melhor
Jataí, GO
Atualizado às 20h03
20°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 29°

19° Sensação
2.81 km/h Vento
38% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/07)

Mín. 15° Máx. 31°

Tempo limpo
Amanhã (25/07)

Mín. 16° Máx. 33°

Tempo limpo
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias