Terça, 18 de Junho de 2024 13:14
64 99648-7654
Geral Economia

Produção industrial de Goiás cresce acima da média, diz IBGE

O "cárdio" econômico do Centro-Oeste brasileiro pulsa

13/05/2024 08h58
Por: Gideone Rosa Fonte: Jornal Opção
Industria de Goiás cresce em 2024 l Foto: Hegon Corrêa e André Saddi
Industria de Goiás cresce em 2024 l Foto: Hegon Corrêa e André Saddi

Por Cilas Gontijo / Jornal Opção

De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou nesta quinta-feira, 9, que o setor industrial goiano registrou um crescimento acumulado de 10,9% no primeiro trimestre deste ano. Esse índice é significativamente superior ao nacional para o mesmo período, que teve uma alta de apenas 1,9%. Em relação a março de 2023, o setor industrial goiano apresentou uma variação positiva de 7%, enquanto no Brasil houve um recuo de 2,8%.

Amaury M. Esberard, empresário em Anápolis e presidente do Conselho Empresarial para o DAIA (Consedaia), destaca o significativo crescimento da indústria goiana em 2024, conforme relatado pelo IBGE. As perspectivas para os próximos anos são positivas, com previsão de o PIB industrial do estado atingir R$ 18 bilhões em 2024. “A diversificação produtiva da indústria goiana é impulsionada por investimentos e programas governamentais, e a localização estratégica do estado no Centro-Oeste do Brasil a torna uma importante plataforma logística para o país”, observa.

No entanto, Amaury pondera que a indústria goiana enfrenta desafios significativos que afetam diretamente seu crescimento e sustentabilidade no mercado global. “A necessidade crucial de inovação se destaca, com o objetivo de aumentar a eficiência e a qualidade dos produtos, mantendo a competitividade frente a concorrentes nacionais e internacionais”, frisa.

Um desafio primordial, pontua o empresário, está na necessidade de infraestrutura moderna e na adoção de tecnologia de ponta, essenciais para o aprimoramento dos processos industriais. “Além disso, as empresas do estado precisam estabelecer parcerias estratégicas com outras empresas e o governo, acessando recursos e suporte técnico necessários para avanços significativos.”

Para Amaury Esberard, além da transformação interna, a competitividade no cenário externo está intrinsecamente ligada ao desenvolvimento sustentável e à adoção de práticas ambientais e socialmente responsáveis, garantindo conformidade com normativas internacionais e agregando valor aos produtos goianos no mercado externo.

Amaury destaca que, com o término programado dos incentivos fiscais nos próximos anos, espera-se que as empresas intensifiquem a busca por regiões que ofereçam não apenas infraestrutura robusta, mas também uma localização estratégica para facilitar o acesso aos principais mercados. Neste contexto, o estado de Goiás se destaca como uma opção promissora. “O estado já é reconhecido pelo contínuo crescimento de sua infraestrutura e pela posição geográfica vantajosa, que permite um alcance eficiente tanto no mercado interno quanto nos mercados internacionais adjacentes, já que tem acesso direto à Ferrovia Norte-Sul”, destaca.

O empresário ressalta que a expansão do Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIAPLAM) exemplifica o esforço do governo estadual em atrair novas empresas e promover o desenvolvimento industrial na região. “Essa iniciativa, juntamente com o moderno programa PRO-Goiás, reforçam a estratégia do estado em fortalecer sua posição como um polo industrial de destaque no Brasil, demonstrando um compromisso contínuo com a expansão e modernização do setor industrial goiano”, reforça.

“As perspectivas para a indústria goiana nos próximos anos são otimistas, caracterizadas por um cenário de recuperação e expansão impulsionado por elementos estruturais e conjunturais. A expectativa para o período de 2023 a 2025 sugere que a indústria do estado passará por um processo de diversificação e expansão, com um crescimento econômico gradativo.”

De acordo com o empresário, este cenário, aliado às estratégias estaduais e à localização estratégica do estado, promete consolidar Goiás como um importante centro industrial e logístico no Brasil, liderando em produção e inovação nacional. “O futuro da indústria goiana parece promissor, marcado por um crescimento sólido e sustentável, abrindo portas para investimentos e progresso industrial contínuo”, conclui.

Fonte: Jornal Opção/IBGE

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jataí, GO
Atualizado às 11h03
26°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 28°

25° Sensação
3.85 km/h Vento
26% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (19/06)

Mín. 15° Máx. 30°

Tempo limpo
Amanhã (20/06)

Mín. 16° Máx. 31°

Tempo limpo
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias