Terça, 23 de Julho de 2024 21:57
64 99648-7654
Comportamento DarkNet

Crimes com criptomoedas aumentam a receita da darknet

Golpes continuam sendo um dos principais impulsionadores do crime baseado em criptomoedas, com endereços suspeitos lucrando pelo menos US$ 4,6 bilhões em 2023

06/03/2024 10h09
Por: Gideone Rosa Fonte: speyside-group.com
Foto: Divulgação digital
Foto: Divulgação digital

São Paulo, Março de 2024 - Os capítulos mais recentes do Crypto Crime Report 2024 da Chainalysis, empresa de análise de Blockchain, expõem as descobertas e tendências das atividades criminosas relacionadas a criptomoedas na darknet, sanções, terrorismo e golpes. Na parte final do relatório, é destacado um aumento nas receitas da darknet e o uso indevido de criptomoedas para financiar grupos criminosos que trabalham com fentanil, bem como um aumento nos golpes on-line.

Darknet

A darknet  foi um dos  ambientes do crime envolvendo cripto que registraram um aumento em suas receitas no ano passado, recebendo pelo menos US$ 1,7 bilhão proveniente de diversas atividades criminosas, como o tráfico de drogas ilícitas, lavagem de dinheiro, desvio de dinheiro fiduciário e produtos que permitem atividades de crimes cibernéticos, como ataques de ransomware e malware. Esse cenário representou um aumento em relação a 2022, quando o maior mercado negro do mundo, o Hydra, foi fechado pelas autoridades policiais. Até o momento, nenhum mercado preencheu o vazio do Hydra, enquanto vários mercados relativamente menores estão prosperando e muitos deles atendendo a nichos específicos.

Um problema que se sobressai dentre os achados do relatório é a venda de fentanil no mercado ilícito. Embora a maioria dos mercados da darknet proíba a venda de fentanil em seus termos de serviço, quase todos os mercados convencionais voltados para o Ocidente possuem vendedores que oferecem produtos a base de fentanil, como a Abacus, que tem avaliações de clientes em seu site que confirmam isso.

Além disso, os vendedores da Abacus e de muitos dos principais mercados ocidentais vendem uma substância análoga ao fentanil, chamado a-metilfentanil, coloquialmente conhecido como "China White". De acordo com o Universal Journal of Clinical of Medicine, os pesquisadores acreditam que essa substância é resultado da contaminação durante o processo da síntese do fentanil e é vendida por seus efeitos, que podem ser até 300 vezes mais potentes do que a morfina, e tem sido responsável por mortes por overdose nos últimos anos.

O fentanil e as drogas com fentanil também chegam aos Estados Unidos por meio de cartéis baseados na América Latina. Os clientes dos EUA compram drogas principalmente desses grupos, que são conhecidos por terem usado criptomoedas para obter produtos químicos precursores do fentanil de laboratórios localizados na China.

Sanções

Em termos de sanções, o estudo indica que os fluxos de criptomoedas para entidades e jurisdições sancionadas foram responsáveis por 61,5% de todo o volume de transações ilícitas no ano passado, totalizando US$14,9 bilhões. Dois serviços são os principais responsáveis por esse volume: Garantex, que foi sancionado em 5 de abril de 2022 por sua afiliação a agentes ilícitos, incluindo grupos de ransomware-as-a-service (RaaS); e Tornado Cash, que foi sancionado em 8 de agosto de 2022, por atuar na lavagem de criptomoedas roubadas pela organização de hackers Lazarus Group, ligada à Coreia do Norte.

Como a crise do fentanil nos Estados Unidos persiste, as sanções relacionadas a drogas pareceram ser uma prioridade em 2023. O OFAC (Office of Foreign Assets Control, Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros) impôs nove sanções relacionadas ao fentanil que incluíam cripto endereços identificados como suas designações, em quatro eventos de sanção diferentes. 

Terrorismo

O uso de criptomoedas por organizações terroristas representa uma pequena parte das transações ilícitas no ecossistema de cripto, mas é uma preocupação constante. Ao mesmo tempo, a transparência e a rastreabilidade da tecnologia blockchain tornam as criptomoedas um veículo menos favorável para o financiamento do terrorismo.

Nessa categoria, as complexas redes financeiras de organizações terroristas se destacam, usando como exemplo a pegada na cadeia de Tawfiq Muhammad Said Al-Law, um operador de hawala baseado na Síria que estava envolvido no gerenciamento da infraestrutura de criptomoeda do Hezbollah. Da mesma forma, há campanhas de crowdfunding que patrocinam atividades terroristas disfarçadas de campanhas de ajuda humanitária.

Golpes

De acordo com os dados da Chainalysis, os golpes foram mais uma vez um dos maiores impulsionadores das atividades criminosas com cripto, com carteiras que geraram pelo menos US$4,6 bilhões em receita em 2023.

Os golpes românticos (também conhecidos como golpes de abate de porcos), em particular, cresceram significativamente em 2023, mais do que dobrando as receitas ano a ano. De fato, os dados sugerem que a atividade de golpes românticos aumentou 85 vezes desde 2020.

Speyside Brasil

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Tecnologia
Sobre Tecnologia
Tecnologia presente no JN
Jataí, GO
Atualizado às 20h03
20°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 29°

19° Sensação
2.81 km/h Vento
38% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (24/07)

Mín. 15° Máx. 31°

Tempo limpo
Amanhã (25/07)

Mín. 16° Máx. 33°

Tempo limpo
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias