Sexta, 21 de Janeiro de 2022
23°

Poucas nuvens

Jataí - GO

Dólar
R$ 5,44
0%
Euro
R$ 6,15
0%
Peso argentino
R$ 0,05
+0.011%
Bitcoin
R$ 229,953,03
-6.015%
Bovespa
109,108,04 pontos
+1.01%
Geral Rede Globo

Globo vende por R$ 522 milhões sua sede em SP e irá alugar o imóvel

Apesar disso, a Globo seguirá no espaço

21/12/2021 às 08h53
Por: Gideone Rosa Fonte: IstoÉ/JN
Compartilhe:
© Reprodução/YouTube A sede da Globo em São Paulo está localizada em um dos pontos mais concorridos da capital paulista Reprodução/YouTube
© Reprodução/YouTube A sede da Globo em São Paulo está localizada em um dos pontos mais concorridos da capital paulista Reprodução/YouTube

Por Diego Felix

Passando por problemas financeiros, cortando salários e revendo contratos, a Globo vendeu, por R$ 522 milhões, sua sede em São Paulo. A compra foi feita pelo fundo imobiliário Vinci Partners, que assumiu os mais de 43 mil metros quadrados do terreno, sendo 56 mil metros quadrados de área construída.

Apesar disso, a Globo seguirá no espaço, já que a transação foi feita no modelo “sale & leaseback”, ou seja, a emissora carioca alugou o terreno da Vinci.

O acordo foi assinado na sexta-feira (17) e, segundo fato relevante divulgado pela Vinci Real Estate, o contrato de locação feito com a Globo deve durar 15 anos, podendo ser renovado por mais 15 anos. O metro quadrado do terreno foi comprado por R$ 13.369 e o valor da locação inicial será de R$ 84,67 por metro quadrado, corrigido anualmente pelo IPCA – pelas informações apresentadas no fato relevante, a Globo deve pagar cerca de R$ 3,6 milhões de aluguel.

No documento que você pode ler na íntegra clicando aqui, A Vinci Partners explica que o complexo, localizado na região da Berrini, é composto pela torre Edifício Jornalista Roberto Marinho, três módulos de produção e uma área de apoio. São duas portarias, dois helipontos e 1500 vagas de estacionamento entre subsolos e estacionamento externo.

“Recentemente, o Ativo passou por uma grande reforma buscando adaptar seu ambiente às novas tendências dos escritórios, privilegiando novas áreas de descompressão, áreas externas e ambientes integrados, aspectos que são totalmente aderentes a um dos principais pilares da estratégia de investimentos do Fundo”, diz a companhia em nota.

Segundo a Vinci, empresa listada na B3 desde 2019, 96% do portfólio está ocupado, sendo quase 70% das receitas de locação atreladas à contratos atípicos como o assinado pela Globo, garantindo quase 10 anos de previsibilidade das receitas futuras e dos rendimentos distribuídos pelo Fundo.

Fonte: IstoÉ

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias