Segunda, 06 de Dezembro de 2021
28°

Pancada de chuva

Jataí - GO

Dólar
R$ 5,68
+0.566%
Euro
R$ 6,42
+0.445%
Peso argentino
R$ 0,06
+0.326%
Bitcoin
R$ 292,067,62
-10.136%
Bovespa
106,522,33 pontos
+1.38%
Geral Câmara em ação

Vereador sugere que zona rural tenha ponto de coleta de lixo

Entre outros pedidos estão reparos nas escadas que leva ao Cristo Redentor

19/11/2021 às 09h42
Por: Gideone Rosa Fonte: CAM Jataí/JN
Compartilhe:
Lixo espalhado pela zona rural principalmente a beira das estradas é uma prática danosa ao meio ambiente e também a saúde pública. Foto: Divulgação
Lixo espalhado pela zona rural principalmente a beira das estradas é uma prática danosa ao meio ambiente e também a saúde pública. Foto: Divulgação

Abimael e Marcos Patrick pedem reparos na escadaria do Cristo Redentor

Os vereadores Abimael Silva e Marcos Patrick solicitaram à administração municipal a realização de reparos e manutenção das escadarias do Cristo Redentor, visando garantir a segurança dos usuários. “Os visitantes têm se queixado do perigo a que estão sendo expostos, pois algumas partes de concreto estão soltas, o que pode causar sérios acidentes”, relataram. “Com a realização de intervenções, a manutenção se torna eficiente e gera segurança, assegurando o direito de ir e vir de todos aqueles que utilizam essa estrutura”.

Mantelli requer análise da água consumida em Jataí

O vereador Vicente Mantelli requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente que sejam feitos análise e plano de amostragem da água consumível em Jataí. “A análise da qualidade da água para consumo humano é feita para oferecer mais segurança e tranquilidade para a rotina de diversas atividades que utilizam, rotineiramente, a água como insumo dos produtos e serviços, e principalmente para o consumo dos moradores”, afirmou ele. “Os objetivos da análise da análise solicitada nesta propositura são garantir o cumprimento das legislações ambientais e sanitárias, verificar a adequação da água aos parâmetros produtivos de cada atividade e proporcionar máxima segurança para uso da água para consumo humano”.

Marina pede reposição da areia dos playgrounds dos parques Diacuí e JK

A vereadora Marina Silveira reivindicou ao executivo que seja realizada a reposição de areia na área dos playgrounds dos parques Diacuí e JK. “São espaços de brincadeira, diversão e também de relaxamento para as crianças”, disse ela. “A utilização da areia contribui no processo de adaptação das crianças entre 2 a 3 anos de idade, estimula a coordenação motora fina, pelo toque e tentativas de agarrar os grãozinhos de areia. Estimula também a coordenação motora ampla, pela movimentação livre, como correr, saltar, pular e rolar. Brincar na areia é uma atividade essencial para o desenvolvimento dos pequenos, visto que estimula todos os sentidos: tato ao sentir diferentes texturas e temperaturas, a visão ao observar cores e formas (quando da utilização de areia colorida) e audição por ouvir os barulhos e até mesmo o paladar quando a criança decide levar a areia à boca. Diante disto, e em visita aos nossos parques citados, verificamos a necessidade de se fazer a reposição na quantidade de areia nos playgrounds dos parques Diacuí e JK, pois, segundo a ABNT 16071 1-7, deve-se conter um volume de mínimo de 30 cm de areia tratada, variando de acordo com a altura do solo e a base dos brinquedos, e a observação é que nestes playgrounds há espaços que já não têm areia, inclusive com formação de gramas”.

Adilson sugere ponto de coleta de lixo na zona rural

O vereador Adilson Carvalho sugeriu à prefeitura a implantação de um ponto de coleta de lixo na região do posto Estrela Dalva. “Moradores e fazendeiros da região, que abriga as fazendas Lottici, Condor e Ragagnin, Armazém Serra Azul, Armazém da Comigo, posto Estrela Dalva, Armazém da Caramuru, Armazém Santa Rita da Invernadinha, Restaurante e Comida Caseira Goiana, Armazém da BRF e Armazém Caraíba, que não possuem um local apropriado para o descarte do lixo”, relatou. “O objetivo é facilitar o descarte de lixo por parte desses agricultores, agropecuaristas e moradores da região. A instalação desse ponto de coleta de lixo irá minimizar o problema, pois atualmente eles são obrigados a juntar o lixo por muitos dias para descartá-lo na cidade. Às vezes este descarte de iniciativa própria das pessoas residentes na zona rural não acontece com frequência, devido a dificuldades encontradas em determinados dias, levando o lixo a se acumular por mais de uma semana, trazendo grandes transtornos como doenças e degradação do meio ambiente”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias