Terça, 16 de Novembro de 2021
21°

Poucas nuvens

Jataí - GO

Dólar
R$ 5,46
0%
Euro
R$ 6,20
0%
Peso argentino
R$ 0,05
+0.063%
Bitcoin
R$ 350,181,46
-5.184%
Bovespa
106,334,54 pontos
-1.17%
Geral Perigo

Avaaz denuncia Facebook

A entidade alerta para as manipulações das redes sociais

16/11/2021 às 08h31
Por: Gideone Rosa Fonte: Avaaz
Compartilhe:
Em Mianmar, os militares usaram o Facebook como instrumento de limpeza étnica, espalhando o ódio que alimentava um banho de sangue.
Em Mianmar, os militares usaram o Facebook como instrumento de limpeza étnica, espalhando o ódio que alimentava um banho de sangue.

A Avaaz alerta ainda sobre atentados diários contra à democracia e à humanidade

Uma corajosa denunciante acaba de divulgar documentos secretos do Facebook... e eles são chocantes!

Estes documentos mostram o que o Facebook sabia. Eles sabiam que traficantes de pessoas usavam o Facebook para atrair mulheres para a escravidão sexual. Eles sabiam que o Facebook estava sendo utilizado para incitar violência contra minorias. E eles sabiam que os seus sistemas removiam menos de 1% dos conteúdos violentos!

O Facebook sabia de tudo isto, mas ainda assim escolheu seus lucros em vez de nossa segurança.

E sem leis eficazes para responsabilizar o Facebook, os atores perigosos continuarão a espalhar mentiras, desinformação e negacionismo climático a milhões, por todo o lado.

Isto é um alerta vermelho para as nossas democracias e planeta - precisamos mudar isso, AGORA!

Nesta semana, a denunciante Frances Haugen testemunhou na Europa sobre o impacto corrosivo do Facebook, trazendo um novo escrutínio sobre a gigante da tecnologia. Graças às nossas investigações pioneiras e à cobertura explosiva dos meios de comunicação, a Avaaz esteve na sala com legisladores, lutando com unhas e dentes para conquistar leis que protejam a nós e a nossa privacidade.

Mas a máquina de pressão das grandes empresas de tecnologia também esteve.

Se angariarmos o suficiente agora, podemos ir com tudo para cima do lobby de 100 milhões de dólares deles, com uma regulamentação eficaz - financiando investigadores de primeira linha para descobrir mais evidências concretas, trazendo testemunhos das pessoas prejudicadas pelas redes sociais aos legisladores e aparecendo em cada decisão chave com intervenções e anúncios de destaque.

Este é um dos nossos trabalhos mais importantes, mas é também um dos nossos menos financiados -- e com tanto em jogo, não podemos dar-nos ao luxo de desacelerar agora!

Doação AQUI

Junte-se já, e vamos juntos domar de vez o monstro das redes sociais:

VOU DOAR R$10

VOU DOAR R$20

VOU DOAR R$25

VOU DOAR R$30

VOU DOAR R$35

OUTRO VALOR

Temos visto, repetidamente, as consequências devastadoras que as redes sociais podem ter. Em Mianmar, os militares usaram o Facebook como instrumento de limpeza étnica, espalhando o ódio que alimentava um banho de sangue. Na Palestina e em Israel, as mentiras virais estão inflamando ainda mais o conflito. E precisamente quando menos precisamos dele, o negacionismo climático ativo online já está tentando ofuscar as negociações sobre a emergência climática em Glasgow.

Para conquistarmos uma legislação que possa proteger a todos, temos de mostrar estes danos, e perante os governos, à medida que estes decidem sobre a regulamentação. Se conseguirmos obter o suficiente, podemos:

Executar e publicar relatórios de investigação mais contundentes que mostram os danos maciços causados por estas plataformas nas nossas sociedades;

Reunir um poderoso movimento de sobreviventes e comunidades que lutam contra o ódio e a desinformação online, e levar as suas vozes para os corredores do poder;

Desencadear uma advocacia implacável no Parlamento Europeu, bem como no Congresso dos EUA e no Brasil, assegurando que não cedam à pressão tecnológica;

Apresentar intervenções e anúncios poderosos em momentos chave para ajudar a ganhar o regulamento de que precisamos urgentemente. 

Isto é muito importante. As redes sociais estão corroendo o tecido das nossas sociedades de formas importantes. Estão alimentando a divisão e o ódio, e sabotando as maiores batalhas das nossas vidas, desde os direitos humanos e as mudanças climáticas, até a saúde mental dos nossos filhos. Não podemos dar-nos ao luxo de perder esta luta!

Seja um doador

Junte-se agora, e vamos enfrentar juntos este ataque à democracia e à humanidade:

VOU DOAR R$10

VOU DOAR R$20

VOU DOAR R$25

VOU DOAR R$30

VOU DOAR R$35

OUTRO VALOR

A Avaaz tem desempenhado um papel de liderança nesta luta durante anos. Nossos estudos explosivos viraram repetidas vezes notícia de primeira página, conduzindo já a mudanças maciças. Há poucas semanas, a nossa investigação ajudou a pressionar o Google a anunciar que os vídeos de negacionismo climático no Youtube deixarão de receber receitas publicitárias. Mas não podemos confiar apenas na boa vontade dos titãs das gigantes de tecnologia. Precisamos de leis -- agora! Vamos fazer com que isso aconteça, juntos.

Com esperança e determinação,

Anneke, Marigona, Mike, Bert, Mouhamad, Christoph, Camille, Elisabete e todo o time da Avaaz

PS: Essa pode ser sua primeira doação para nosso movimento. E que primeira doação!! Você sabia que a Avaaz se sustenta totalmente com pequenas doações de membros da comunidade como você? É por isso que somos totalmente independentes, ágeis e eficazes. Junte-se a mais de 1 milhão de pessoas que doaram para tornar a Avaaz uma verdadeira força do bem no mundo. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias