Segunda, 06 de Dezembro de 2021
27°

Pancada de chuva

Jataí - GO

Dólar
R$ 5,68
+0.494%
Euro
R$ 6,42
+0.337%
Peso argentino
R$ 0,06
+0.32%
Bitcoin
R$ 291,555,54
-10.229%
Bovespa
106,037,82 pontos
+0.92%
Educação Minas Gerais

Rua Direita: entenda o porque muitas ruas tem esse nome

Minas mais uma vez conta nossa história

09/11/2021 às 09h55
Por: Gideone Rosa Fonte: ConheçaMinas
Compartilhe:
Não importa se a rua é reta ou não, sendo a principal rua da cidade, tinha que se chamar Rua Direita e geralmente ficava à direita da principal igreja local. (na foto acima do Barbosa, a Rua Direita em Santa Luzia MG
Não importa se a rua é reta ou não, sendo a principal rua da cidade, tinha que se chamar Rua Direita e geralmente ficava à direita da principal igreja local. (na foto acima do Barbosa, a Rua Direita em Santa Luzia MG

Por Arnaldo Silva

Quem conhece as cidades históricas mineiras e brasileiras, percebe que nelas há algo em comum: a Rua Direita. Toda cidade antigamente tinha que ter uma rua com esse nome. Diamantina, Ouro Preto, São João Del Rei, Tiradentes, Sabará, Serro, Santa Luzia (na foto acima do Barbosa), etc. Era geralmente a principal rua da cidade e onde moravam as famílias mais ricas. Literalmente, não é direita, é toda sinuosa, poucas ruas com esse nome são em linha reta. Mas por que antigamente toda cidade tinha que ter uma rua com esse nome?

Nominar de Rua Direita a principal rua da cidade é costume que veio de Portugal, com os colonizadores. Não importa se a rua é reta ou não, sendo a principal rua da cidade, tinha que se chamar Rua Direita e geralmente ficava à direita da principal igreja local. (na foto acima do Barbosa, a Rua Direita em Santa Luzia MG

Ficava sempre à direita da principal igreja devido influência religiosa na vida das pessoas. A crença que Jesus está à direita de Deus, e na visão deles, quem tinha Jesus em sua vida, estaria  à direita de Deus também, depois que morresse. 

Essa crença foi fortalecida quando, segundo a Bíblia, Saulo de Tarso, a caminho de Damasco, teve um encontro com Jesus, perdeu a visão. Atônito e confuso, com o que lhe acontecera, recebeu a ordem de Jesus para que fosse para a cidade de Damasco e aguardasse, que lhe seria dito o que fazer.

Saulo foi levado a casa de um homem chamado Judas. Em Damasco, vivia um discípulo chamado Ananias. A esse discípulo, Jesus chamou em uma visão e ordenou que fosse visitar um homem de Tarso, chamado Saulo, que estava enfermo, ordenando que orasse por ele. Fez isso e Saulo recuperou a visão e saúde, tornando-se cheio do Espirito, passando a ser,  Paulo, o apóstolo.

Essa passagem está no capítulo 9 no livro de Atos dos Apóstolos, no Novo Testamento. A partir desse relato, os povos antigos acreditavam que a cura e bênçãos divinas estavam na rua Direita e vivendo ou estando sempre nesta rua, receberiam o enviado do Senhor Jesus. 

Por isso que em todas as cidades antigas, tinha uma rua chamada Direita e uma igreja, que ficava à direita dessa rua, simbolizando a casa onde Paulo estava e recebeu a visita de Ananias. Ruas chamadas Direita, eram as preferidas dos mais ricos da época, que construíam seus suntuosos e luxuosos casarões, nessas ruas.

Em Diamantina, a Catedral de Santo Antônio fica na Rua Direita. (na foto acima de Giselle Oliveira) Quem vai à Tiradentes, para ir até a Igreja do Rosário, tem que pegar a Rua Direita. Em Santa Luzia, a Matriz de Santa Luzia fica na Rua Direita. Em Mariana a Rua Direita te deixa em frente à Igreja da Sé. Uma das mais belas igrejas de Minas, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo em São João Del Rei, está na Rua Direita e por ai vai. Muitas cidades históricas mudaram o nome da Rua Direita, como em Grão Mogol, no Norte de Minas, mas mesmo assim, ficou na mente das pessoas mais antigas o nome dessas ruas.

Por ser uma rua que ficava à direita da principal igreja e onde moravam os ricos, eram bem cuidadas e bem calçadas. Tinha os melhores casarões e o calçamento em pedra sabão ou pedras comuns chamadas de "pé-de-moleque" eram impecáveis, diferente das outras ruas, dos menos ricos, que não tinha um acabamento tão fino. Isso se percebe andando pelas ruas das cidades históricas.

Quando andar pelas ruas das cidades históricas, com esse nome, saiba que por essas ruas de calçamento liso e bem feitos e casarões suntuosos, milhares de escravos foram usados no trabalho. Centenas de pessoas influentes passaram por essas ruas. Centenas de vidas diferentes em épocas diferentes viveram nesses casarões. Nessas ruas, cada centímetro, cada parede, tem uma rica história para contar, a história de Minas e do Brasil. (na foto acima de Marcelo Melo, a antiga Rua Direita de São João Del Rei MG, hoje, rua Getúlio Vargas)

Fonte: Conheça Minas

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Mago das Letras
Mago das Letras
Sobre Aqui o Mago das Letras, Gênio Eurípedes discorre sobre sua visão de vida de maneira despojada, informal e bem humorada, irreverente, mas sem deixar de lado a seriedade de nosso cotidiano.
Jataí - GO Atualizado às 10h57 - Fonte: ClimaTempo
27°
Pancada de chuva

Mín. 20° Máx. 30°

Ter 31°C 21°C
Qua 32°C 21°C
Qui 32°C 20°C
Sex 33°C 19°C
Sáb 33°C 19°C
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias