Segunda, 25 de Outubro de 2021
22°

Pancada de chuva

Jataí - GO

Dólar
R$ 5,65
0%
Euro
R$ 6,58
0%
Peso argentino
R$ 0,06
-0.031%
Bitcoin
R$ 375,557,65
+3.204%
Bovespa
106,296,18 pontos
-1.34%
Geral Nióbio

Super bateria de Nióbio brasileira deve revolucionar mercado de carga pesada

Duas indústrias peso-pesado do Brasil se uniram com uma missão, criar super bateria de Nióbio.

13/10/2021 às 08h54
Por: Gideone Rosa Fonte: AgroNews
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Volkswagen Caminhões e Ônibus – VWCO e a CBMM

Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração fizeram um acordo para desenvolverem e produzirem super baterias para veículos elétricos de grande porte fazendo uso do metal Nióbio. Leia a matéria completa e entenda o poder deste metal que praticamente só existe no Brasil.

Super bateria de Nióbio brasileira deve revolucionar mercado de carga pesada

Tecnologia do futuro

Ricardo Lima, vice-presidente da CBMM, afirma que a bateria de Nióbio está sendo desenvolvida já há três anos numa parceria com a japonesa Toshiba. E detalha: “Pela primeira vez estamos implementando esta solução que, devido ao uso do óxido de Nióbio no ânodo da bateria, permitirá uma operação de carregamento ultrarrápido, em menos de 10 minutos, maior durabilidade, vida útil e segurança”.

Segundo a Volks, o acordo com a CBMM é estratégico, pois a empresa está consolidada como uma referência mundial no desenvolvimento de novas tecnologias com nióbio para baterias de íons de lítio. Já a Volkswagen Caminhões e Ônibus entrará com sua expertise para estabelecer o comportamento dessas baterias em veículos, com todos os parâmetros de segurança e qualidade para concretizar o desempenho esperado.

“Há três anos acumulamos experiência na eletrificação e agora aplicaremos essa expertise para viabilizar uma nova tecnologia em baterias. Nosso centro de desenvolvimento de e-Mobility em Resende usará nossa patenteada arquitetura modular para veículos elétricos para expandir a plataforma, que iniciou no e-Delivery, e agora avança para novos modelos. Essa aliança com a CBMM será mais um importante elo rumo à mobilidade do futuro. Nosso objetivo é criar uma solução de recarga ultrarrápida, pioneira na América Latina”, avalia Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Segundo a Volkswagen, a tecnologia que será empregada nas baterias é fruto de uma pesquisa de mais de três anos feita em conjunto com a Toshiba, uma das mais icônicas empresas de tecnologia do Japão. A expectativa é de que, com o uso do nióbio, as células possam ser carregadas totalmente em 10 minutos, além de ter uma durabilidade bem maior do que as baterias atuais.

Leia AQUI matéria completa

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias