Sábado, 25 de Setembro de 2021
28°

Pancada de chuva

Jataí - GO

Dólar
R$ 5,33
0%
Euro
R$ 6,25
-0.001%
Peso argentino
R$ 0,05
+0.049%
Bitcoin
R$ 268,773,25
+2.269%
Bovespa
113,282,67 pontos
-0.69%
Geral Energia

Cinco milhões de Reais para projetos de eficiência energética

ENEL GOIÁS ANUNCIA R$ 5 MILHÕES PARA FINANCIAR PROJETOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

30/08/2021 às 17h24
Por: Gideone Rosa Fonte: Enel
Compartilhe:
A legislação determina que distribuidoras de energia apliquem anualmente 0,4% de sua receita operacional líquida anual no desenvolvimento em ações de eficiência energética.
A legislação determina que distribuidoras de energia apliquem anualmente 0,4% de sua receita operacional líquida anual no desenvolvimento em ações de eficiência energética.

Inscrições estão abertas e vão até 17 de novembro; 

Podem inscrever projetos os clientes das classes comercial, industrial, residencial, poder público, serviço público e iluminação pública; 

Companhia realizará, ainda neste mês, workshop online para esclarecer as etapas da seleção e tirar dúvidas dos interessados. 

Tem um projeto para reduzir a conta de energia do seu comércio, indústria, instituição, ente público ou município? A Enel Distribuição Goiás quer ajudar você a torná-lo realidade. A distribuidora acaba de anunciar R$ 5 milhões para o financiamento de projetos com foco no consumo eficiente de energia elétrica e a chamada pública para os interessados está aberta.   

Na última chamada pública, em 2020, foram selecionados projetos de eficiência energética em iluminação pública, troca de lâmpadas, climatização com substituição de aparelhos de ar-condicionado, troca de equipamentos diversos e construção de usinas de energia solar, entre outros. O Programa de Eficiência Energética da Enel Distribuição Goiás existe desde 1999 e já investiu aproximadamente R$ 164 milhões em 116 projetos com foco no consumo eficiente de energia.  

Na Prefeitura de Rio Verde, por exemplo, a Enel investiu quase R$ 2 milhões na modernização do parque luminotécnico da cidade, com substituição de cerca de 800 lâmpadas de iluminação pública antigas por modelos LED, que são mais econômicas, eficientes e duram até 10 vezes mais que as lâmpadas comuns. A previsão é de uma economia de 566 MWh por ano, que representa cerca de R$ 324 mil na conta de energia do cliente. A companhia também executou o projeto de efIciência energética na Saneago, foram investidos R$ 9,5 milhões na construção de uma usina solar fotovoltaica de 84 KWp e a construção de uma estação de tratamento de água compacta em Indiara.  Também foi feita a troca de 12 conjuntos de motobombas, beneficiando 4 estações nas cidades de Jataí, Ipiranga e Goiânia. A previsão é de uma economia de 6042 MWh por ano, que representa cerca de R$ 2,1 milhões na conta de energia do cliente. 

A chamada pública torna mais transparente e democrático o processo de escolha dos projetos e obras beneficiados pelo programa. O edital está disponível para consulta dos interessados no site da CPP (https://enel-go.chamadapublica.com.br/). No dia 31 de agosto, às 10h, a Enel vai promover o Workshop de Chamada Pública de Projetos para explicar como funciona a CPP e como os consumidores podem participar da iniciativa. O evento será virtual e o link será disponibilizado aos interessados dentro da página da CPP. 

Quem pode participar?   

Clientes das classes comercial, industrial, residencial, poder público, serviço público e iluminação pública, que poderão submeter projetos entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão, referentes aos seguintes temas: troca de equipamentos por modelos mais eficientes, modernização de sistemas motrizes, instalação de aquecedores solares e sistemas fotovoltaicos, modernização de sistemas de iluminação e refrigeração, entre outros. A execução dos projetos selecionados está prevista para ocorrer entre os anos de 2022 e 2023.  

Como se dá a seleção?  

A seleção das propostas da Chamada Pública passará por análise e classificação dos projetos, que levará em conta a documentação obrigatória requerida, a qualidade das iniciativas, desenvolvimento da proposta e ações inovadoras, além da pontuação atingida de acordo com os critérios estabelecidos e divulgados no edital. 

A classificação dos projetos habilitados segue metodologia definida pela Aneel, por meio de uma Comissão Julgadora, que irá analisar e pontuar os projetos submetidos de acordo com os critérios estabelecidos em edital. Neste ano, os projetos também receberão pontuação relacionada ao tema da Economia Circular. 

Sobre o projeto  

O PEE da Enel Distribuição Goiás é regido pela Lei n° 9.991, de 24 de julho de 2000, e regulamentado pela Aneel. A legislação determina que distribuidoras de energia apliquem anualmente 0,4% de sua receita operacional líquida anual no desenvolvimento em ações de eficiência energética no uso final de energia elétrica, por meio de projetos executados em instalações dos consumidores.  

Ao assumir um compromisso público com seis dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, o projeto da distribuidora, Enel Compartilha Eficiência, coloca em prática uma iniciativa que colabora com a melhoria da eficiência energética, impulsionando o ODS de número 7, que consiste em assegurar energia confiável, sustentável, moderna e a preço acessível para todos.  

Serviço    

Lançamento da Chamada Pública de Projetos (CPP) de Eficiência Energética  

Inscrições - até 17 de novembro.  

Site da CPP - https://enel-go.chamadapublica.com.br/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias