Sábado, 25 de Setembro de 2021
29°

Pancada de chuva

Jataí - GO

Dólar
R$ 5,33
0%
Euro
R$ 6,25
-0.001%
Peso argentino
R$ 0,05
+0.049%
Bitcoin
R$ 268,773,25
+2.269%
Bovespa
113,282,67 pontos
-0.69%
Geral Perfil

O novo perfil do profissional de TI

O profissional de TI precisa ter três habilidades principais: disponibilidade, comunicação e disciplina.

30/08/2021 às 17h20
Por: Gideone Rosa Fonte: JN
Compartilhe:
A velocidade da tecnologia possibilitou a evolução da forma de gestão nas empresas, onde é preciso estar junto, auxiliando cada pessoa a desbloquear o potencial das melhores habilidades que possui.
A velocidade da tecnologia possibilitou a evolução da forma de gestão nas empresas, onde é preciso estar junto, auxiliando cada pessoa a desbloquear o potencial das melhores habilidades que possui.

Por Priscilla Karolczak

O mercado e as empresas de tecnologia da informação estão em constante mudança para oferecer o melhor serviço ao seu cliente. Essas rápidas transformações se devem ao fato de que a todo instante novas ferramentas, processos e programas da área de TI são desenvolvidos ou atualizados, gerando melhores resultados e estabilidade. Em paralelo a essas mudanças, acredito que temos um novo perfil do profissional de TI que necessita possuir três habilidades principais: disponibilidade, comunicação e disciplina.

Quando falamos em disponibilidade, faço uma comparação com os profissionais da área da saúde. Assim como a saúde das pessoas, os sistemas de TI não têm horário para dar problemas. Não dá para entrar na vida de TI pensando que será uma rotina sem eventuais imprevistos, por isso é fundamental ter disponibilidade e entender que momentos assim fazem parte da profissão.

O mundo hoje é totalmente conectado e a comunicação se tornou uma aptidão essencial nesta área. É preciso ter capacidade de conseguir se comunicar com uma variedade de perfis diferentes. Cada vez mais pessoas estão trabalhando com isso, com níveis diferentes de maturidade e conhecimento da tecnologia. Os profissionais que conseguem fortalecer uma comunicação eficiente, entendendo a necessidade de cada pessoa para então conseguir levar a tecnologia até ela, têm uma forte vantagem no mercado de trabalho.

Sempre existe algo novo surgindo em nosso mercado e é essencial possuir disciplina para estudar e se manter atualizado. Não dá para depender apenas de cursos oficiais em instituições sobre novas tecnologias, é preciso estar constantemente atualizado das novidades, leis, regulamentações. As novas tecnologias andam muito mais rápidas que a criação de novos cursos e capacitações em instituições, por exemplo, e é exatamente por isso que é exigido essa constante atualização dos profissionais de TI de maneira autodidata.

A forma de trabalho deste profissional também mudou. Anos atrás um colaborador teria que ficar alocado em determinado espaço da empresa para realizar suas funções, mas com a possibilidade do trabalho remoto, as oportunidades para as pessoas foram ampliadas, tornando o mercado mais competitivo, inclusive com questões salariais. Não é raro ver uma pessoa que vive numa cidade cujo custo de vida é menor que de uma capital, se inscrever em empresas de grande porte, situadas em grandes metrópoles, e ainda assim poder continuar vivendo na mesma cidade. Com o surgimento da tecnologia em nuvem (como google drive, icloud, etc), inicialmente voltadas a empresas, e posteriormente, já consolidadas, se tornaram soluções para pessoas físicas. Em outras palavras, isso traz uma mobilidade incrível para qualquer colaborador pegar o computador e ir trabalhar e acessar seus arquivos em qualquer lugar, deixando-o mais livre.

Nós, como empresas, também precisamos mudar para aceitar e entender este novo perfil que está no mercado de trabalho. Tornar o processo seletivo mais rápido também faz parte desta mudança. Podemos dividir as atividades de entrevistas em duas partes, em um primeiro momento avaliar o perfil do candidato como fit cultural com a empresa, personalidade, soft skills e questões comportamentais. Em uma segunda etapa, entrevista com a área para qual a vaga é destinada, momento em que o time, o qual o novo colaborador fará parte, valida se o profissional possui as habilidades técnicas para atingir as metas. Quanto mais essenciais formos, mais rápido será o processo e menos burocrático.

A empresa também necessita trabalhar a sua cultura e entender que as pessoas são a base de tudo. Oferecer um espaço de inovação onde os funcionários se sintam à vontade, motivados para testarem suas ideias, com uma boa gestão e próxima de seus colaboradores é a fórmula ideal de manter os profissionais constantemente engajados e interessados.

Esses novos modelos de administração são um reflexo da evolução da tecnologia. Basta ir ao passado para uma empresa nos anos 70, quando o chefe olhava para os colaboradores do andar de cima, fiscalizando em vez de atuar próximo, ao lado dos funcionários. A velocidade da tecnologia possibilitou a evolução da forma de gestão nas empresas, onde é preciso estar junto, auxiliando cada pessoa a desbloquear o potencial das melhores habilidades que possui.

Existem diversas oportunidades para quem deseja trabalhar neste mercado, uma área que cresce cada vez mais e o novo perfil do profissional de TI é um reflexo desta mudança, não só quando falamos sobre a profissão, mas uma reação de atualização dentro das próprias empresas para acomodar esses novos profissionais.

A autora

*Priscilla Karolczak é Gerente de Atendimento e Desenvolvimento da KingHost, empresa que oferece soluções digitais

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias