Segunda, 08 de Março de 2021 18:45
64 99648-7654
Geral 5G

Nas entrelinhas o recado a Bolsonaro

China troca insumos para vacinas por aceno de liberdade para Huawei no leilão do 5G no Brasil

02/02/2021 10h32
214
Por: Gideone Rosa Fonte: El País
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Por Afonso Benites/El País

Sem opção para imunizar a população contra o coronavírus, órfão de Trump e por sobrevivência no cenário internacional, Bolsonaro muda o tom contra chineses

Em troca de a China acelerar os procedimentos para a liberação dos insumos para a produção da vacina contra a covid-19, o Governo Jair Bolsonaro sinalizou que não deve impor restrições à empresa chinesa Huawei no leilão da frequência de internet 5G previsto para ocorrer neste ano e que pode atrair cerca de 180 bilhões de reais. Esse foi um dos detalhes da negociação feita entre os dois países na última semana conforme informações de três pessoas que participaram das conversas e falaram com a reportagem sob a condição de não terem seus nomes publicados. Não há um acordo formal nesse sentido, mas diálogos para que a companhia que fornece equipamentos para internet não sofra sanções, como pressionava para que ocorresse o Governo Donald Trump, aliado preferencial do Planalto.

Com a chegada de Joe Biden à presidência nos Estados Unidos no último dia 20 e a dependência dos insumos farmacêuticos chineses, o cenário mudou. O Brasil se viu obrigado a ser mais pragmático, como dizem alguns especialistas, e superar barreiras ideológicas em nome da sobrevivência. No meio diplomático a conversa é de que Bolsonaro ficou órfão, após a derrota de Trump e foi obrigado a mudar sua conduta. Ainda que não esteja claro, para estes interlocutores, quanto tempo esse novo posicionamento durará.

Na última segunda-feira, uma bandeira branca foi erguida pelo Brasil, após meses de episódios de hostilidades, protagonizados pelo próprio presidente, ministros e seus filhos. Bolsonaro agradeceu a “sensibilidade do Governo chinês” sobre os insumos da vacina. Foi uma espécie de mudança de rumo. “O ato foi um súbito reconhecimento por parte do Governo de que precisa manter as pontes com os países”, afirmou o ex-embaixador em Pequim Marcos Caramuru de Paiva, que é sócio e gestor da Kemu Consultoria. Para ele, há uma interdependência nas relações internacionais e governante nenhum pode romper pontes por questões supostamente ideológicas. “Se fosse para se relacionar apenas com governantes de extrema direita, o Brasil se relacionaria com muitos poucos países hoje”, diz Caramuru.

Para o cientista político e sócio da consultoria Dharma, Creomar de Souza, mais do que pragmatismo, pesou no Governo brasileiro o “instinto de sobrevivência”. “É pragmático quando você toma uma decisão antes da crise acontecer e você busca o caminho mais confiável para a resolução da crise. O que acontece agora é a reação diante de uma ofensiva que vinha sofrendo”, afirma.

A mudança de rumo por parte do presidente, na avaliação de Souza, demorou para ocorrer. “A realidade é um muro intransponível. Bolsonaro tentou durante muito tempo construir uma lógica enfrentando a realidade e a realidade agora bateu na porta. O tom agressivo com relação à China começou a cobrar um preço, que é bem alto”, avalia o especialista. A análise é semelhante a feita pelo presidente da Associação Brasileira de Desenvolvimento e ex-diretor do Banco dos BRICS, Sergio Gusmão Suchodolski. “A mudança de tom representa a realidade das coisas”, diz ele, ressaltando uma série de investimentos que os chineses têm no Brasil.

Fonte: El País

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jataí - GO
Atualizado às 18h32 - Fonte: Climatempo
23°
Pancada de chuva

Mín. 20° Máx. 26°

23° Sensação
7.4 km/h Vento
84.9% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (09/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (10/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias