Esporte

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

Política internacional - Biden vence Trump nos EUA

Foto: Divulgação 

Por Jesus Manoel
Após uma eleição polêmica e polarizada (inclusive sem Trump aceitar o resultado, prometendo ir à justiça), o presidente eleito dos EUA em 2020, Joe Biden, falou em união dos americanos em seu primeiro discurso após a vitória. O democrata, de 78 anos de idade, com vasta experiência política, já foi vice-presidente de seu país na chapa com Barack Obama e tem seis mandatos de senador, é considerado pelos analistas como capacitado para unir o país neste momento de desunião política.

“O povo desta nação falou. Nos deu uma vitória clara, convincente. Uma vitória para nós, o povo. Ganhamos com o maior número de votos na história do país: 74 milhões. Mas o que mais me surpreende, pelo país e pelo mundo, é a alegria e a esperança que amanhã vai trazer um novo dia. Prometo ser um presidente que não divide, mas que une. Que não vê estados azuis ou vermelhos. Mas que vê os Estados Unidos. E que trabalhará com todo o seu coração para conquistar a confiança de toda a população”, diz parte do discurso de Biden.

O presidente eleito também citou, em seu discurso, o prazer que será estar com sua vice, Kamala Harris, e enfatizou que ela será a primeira mulher a ir à Casa Branca em toda a história politica dos EUA.

“E eu terei a honra de servir com uma fantástica vice presidente, Kamala Harris, que fará história como a primeira mulher negra, a primeira mulher de origem asiática e primeira filha de imigrantes já eleita para um cargo nacional neste país. Isso já devia ter acontecido há muito tempo, e somos lembrado hoje à noite de todos os que lutaram firmemente durante tantos anos para que acontecesse. Mas mais uma vez a América curvou o arco do universo moral em direção à justiça”, diz.

Kamala será a primeira vice-presidente mulher dos Estados Unidos. ela é filha de pais imigrantes, sua mãe indiana-americana e pai jamaicano. A senadora também será a primeira vice-presidente negra do país e a primeira descendente de indianos. Com 56 anos, e senadora democrata pelo estado da Califórnia, a vice-presidente é advogada e foi procuradora de justiça em seu estado. Em seu primeiro discurso, ela mencionou o fato de ser a primeira mulher a ir neste cargo. 

“Embora seja a 1ª mulher neste posto, não serei a última”, afirmou Harris.

A vice-presidente também destacou a relevância de defender a democracia americana. “O que ele quis dizer com isso é que a democracia americana não está garantida. A democracia é forte o suficiente quanto a nossa vontade de lutar por ela, guardá-la e nunca achar que ela vem de graça. Proteger a nossa democracia requer luta, sacrifício, mas há alegria e progresso nisso, porque nós, o povo, temos o poder para construir um mundo melhor”, disse ela.

Nenhum comentário: