Esporte

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Um raio X da economia Jataiense

Em rede social leitor faz um relato do que representa a indústria da educação na riqueza de nosso Município.

Lincoln Couto foi cirúrgico em sua análise quando fala da importância de Jataí ter se tornado um Polo de Educação de nível superior e o que isso representa em números, não absolutos, em toda cadeia produtiva do Município.

Segue a nota de resposta a Weiner Lopes

Weiner Lopes você precisa lembrar que por se tornar um polo universitário , Jatai recebeu e recebe todos os anos no mínimo 4.000 alunos de fora de jataí, e estas pessoas se alimentam diariamente no comércio local. Isto aí gera riquezas, estou jogando pouco, sou modesto nos cálculos somente alimentação e dizendo apenas 4.000 alunos, acredito que hoje é muito mais que isto após a instalação da UNA, 3.600.000,00 por mês, apenas alimentação no comércio local. 

Isto trás inúmeros empregos, uma infinidade de empresas em diversos setores da economia. Analisemos melhor, Jatai hoje deve ter por ai perambulando pelas ruas da cidade mais de 5.000 alunos de outras regiões do Brasil, quando os familiares destes estudantes vem visita-los é mais dinheiro entrando no comércio local. Desde alimentação, combustível, auto peças, farmacia, entretenimento, livrarias, ...É UMA VERDADEIRA MÁQUINA!

Lincoln Couto foi operador em uma instituição financeira em Jataí por muitos anos, é desportista (ciclismo) e hoje é empresário no ramo de alimentação.

Um comentário:

Unknown disse...

Parabéns lincoln, você é uma pessoa muita guerreira, desejo muito sucesso.