Esporte

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Jataí entre os 10 municípios de maior produtividade agrícola do país

Foto: Divulgação
Em 4º lugar na produção de milho e 11º na produção de soja.

Goiás possui três municípios entre os dez de maior valor de produção agrícola do País

Puxados pela produção de milho e soja, Rio Verde, Cristalina e Jataí conseguiram alcançar 5ª, 6ª e 7ª posições no ranking nacional, respectivamente. Dados são da Produção Agrícola Municipal (PAM), de 2019, e revelam que Goiás é destaque, ainda, na safra de sorgo, tomate, batata, alho, cana e girassol

Com mais de 2,310 milhões de toneladas produzidas em 2019, Rio Verde se confirmou como segundo maior produtor de milho do País. Em quarto lugar, está o município de Jataí, com mais de 1,605 milhão de toneladas colhidas no ano passado. Os dois municípios goianos, localizados na região Sudoeste do Estado, também estão entre os maiores produtores de soja do Brasil. Rio Verde ocupa a 10ª posição, com mais de 1,081 milhão de toneladas em 2019, enquanto Jataí aparece na 11ª colocação, com 1,062 milhão de toneladas.

Esses resultados contribuíram para aumentar a participação de Goiás no valor de produção agrícola nacional, saiu de 7,6%, em 2018, para 8,1%, em 2019. Além disso, o Estado emplacou três municípios entre os dez com maior valor de produção agrícola do País, ou seja, com maior faturamento na agricultura. Rio Verde está em quinto lugar, com valor de mais de R$ 2,578 milhões. Cristalina aparece em sexto, com mais de R$ 2,388 milhões e Jataí, em sétimo no ranking, com mais de R$ 2,368 milhões.

Todos esses dados integram a pesquisa Produção Agrícola Municipal (PAM), referente ao ano passado, divulgada nesta quinta-feira (02/10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento fornece informações sobre área plantada, área destinada à colheita, área colhida, quantidade produzida, rendimento médio e preço médio pago ao produtor, no ano de referência, para 64 produtos agrícolas (31 de culturas temporárias e 33 de culturas permanentes).

Durante visita nesta sexta-feira (02/10) a Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa-GO), o governador Ronaldo Caiado enfatizou os números divulgados pelo IBGE. "Vocês estão vendo que Goiás aumentou sua safra de milho. Rio Verde já é a segunda maior produtora no país, com a melhor produtividade. O Estado de Goiás se diferenciando e chegando agora ao terceiro lugar na produção de grãos, superando Rio Grande do Sul, e cada vez mais ampliando seu potencial da agropecuária".

Caiado ressaltou, ainda, como o agronegócio tem fortalecido a economia do Estado e do Brasil. "Sem dúvida, o agro foi o sustentáculo para Goiás na crise como foi também para o país. A verdade é essa. E é o setor que realmente mais dá retorno rápido e, ao mesmo tempo, com perspectiva de garantir aquilo que é fundamental, que se chama segurança alimentar para todo o povo brasileiro e, com isso também, milhões e milhões de estrangeiros".

De acordo com o titular da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, os dados da PAM comprovam a aptidão do Estado para a produção agrícola e contribuem para que o Governo de Goiás, por meio da Seapa e jurisdicionadas Emater, Agrodefesa e Ceasa, possa trabalhar em políticas públicas e ações para fortalecer e diversificar ainda mais o agro no Estado. "É motivo de comemoração confirmar que vários municípios goianos têm se destacado na produção de diferentes culturas em Goiás. Ao mesmo tempo, nos dá mais força para buscar promover o desenvolvimento dessas cidades e de outras, diversificando a produção agrícola no nosso Estado", reforça.  

Referência

Além dos resultados nas culturas de milho e soja, a PAM revelou que Goiás é o Estado que mais produz tomate no Brasil, com produção superior a 1,126 milhões de toneladas, e ocupa também a primeira posição no ranking nacional de sorgo, com 1,111 milhões de toneladas produzidas no ano passado.

O Estado também se confirmou como o segundo maior produtor de girassol, com 44,477 mil toneladas em 2019, e de alho, com 35,113 mil toneladas produzidas. Além disso, tem a terceira maior produção de algodão do País, com 182,928 mil toneladas. Confira informações de outras atividades agrícolas:

Cana-de-açúcar

- Quirinópolis está em 5º lugar na produção nacional, com 5,944 milhões de toneladas

- Mineiros aparece em 10º lugar, com 4,500 milhões de toneladas produzidas

Feijão em grãos

- Cristalina está em 5º lugar na produção nacional, com 74,160 mil toneladas em 2019

- São João D´Aliança em 11º lugar, com 31,510 mil toneladas

- Luziânia ocupa a 12ª posição, com 28,800 mil toneladas

Batata

- Cristalina está em 3º lugar, com 180 mil toneladas produzidas

Fonte: SEAPA/Goiás Press

Nenhum comentário: