Esporte

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Senta que lá vem mais História

Foto: Reprodução
Emília Corrêa Lima - Miss Brasil em 1955

Por DC Mello

Essa professora cearense, teve um passado ligado a Jataí e poucas pessoas sabem ou se lembram, além de familiares. 

O jovem Honorato Ferreira Lima, filho de Joaquim Ferreira Lima, então morador da atual Rua Dorival de Carvalho, foi estudar medicina no Rio de Janeiro e por lá conheceu a linda Emília Corrêa Lima e logo teve início um relacionamento amoroso. Não demorou, e a moça se tornou “Miss Brasil de 1955”. A eleição para a escolha da nova miss foi realizada no badalado Hotel Quitandinha, em Petrópolis, Rio de Janeiro. 

A Miss Brasil de 1954, famosa baiana Marta Rocha coroou sua sucessora. Não se sabe os motivos, o namoro com o jataiense foi desfeito e a bela Emília acabou se casando com um militar.

A escritora Rachel De Queiroz, que escrevia para a revista O CRUZEIRO, a mais lida do Brasil na época, redigiu na sua ‘Última Página’ uma Carta à Maria Emília que é um verdadeiro poema em prosa, lindo, terno, humano, místico, sábio, filosófico... Disse bem ao afirmar que a "beleza é como um selo de Deus".

Nenhum comentário: