Esporte

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Carapô, Humberto Machado e Leandro Vilela


Será uma estratégia política diante dos fatos que  envolvem o ex-prefeito de Jataí, ou será mesmo um "rompimento" de relações políticas?

Segundo o Jornal Opção, dona nota que está mexendo nesse Caldeirão Fervente da política Jataiense Carapô rompe com Humberto Machado e MDB pode bancar Leandro Vilela para prefeito em Jataí

Veja a nota

Câmara Municipal pode deixar o ex-prefeito inelegível. O deputado estadual Zé Carapô pode apostar em candidato da terceira via

O ex-deputado federal Leandro Vilela aos poucos está voltando para a política, restabelecendo contatos e abrindo novas portas. Há quem aposte que será candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados em 2022. Mas, dependendo da situação, pode mudar de projeto e disputar a Prefeitura de Jataí, no dia 15 de novembro deste ano.

O pré-candidato do MDB é o ex-prefeito Humberto Machado, mas há uma pedra no seu caminho. O Tribunal de Contas dos Municípios enviou as contas — rejeitadas — do emedebista para a Câmara Municipal de Jataí julgar. Se julgar, optando por sua rejeição, o engenheiro não poderá disputar a eleição deste ano. Por isso ele batalha, com advogados, para que suas contas retornem ao TCM e não sejam julgadas agora pela Câmara. Seu objetivo é manter a pré-candidatura.

Mas entre os aliados de Humberto Machado há os que já pregam que o ex-prefeito tem de começar a sugerir, publicamente, que Leandro Vilela é a alternativa já para o pleito de 2020.

Num momento complicado, em que precisa de apoio, Humberto Machado acaba de perder um aliado importante e aguerrido — o deputado estadual Zé Carapô (José Antônio Prado Nunes), da Democracia Cristã. Aliados do ex-prefeito sugerem que Carapô estava “exigindo demais” — como a vice para um aliado e até secretarias (seriam três). Há também os que frisam que Carapô pretende disputar mandato de deputado federal e gostaria de contar com o apoio de Humberto Machado — que já tem compromisso com Leandro Vilela ou com outro nome indicado pelo MDB estadual.

Há quem aposte que Zé Carapô, influente na política local, vai bancar um candidato da terceira via — que pode ser o advogado Luciano Lima, do PSD. Está definido? Não. Mas há conversações.




Vinícius Luz

 

O prefeito Vinicius Luz, do Progressistas, está cuidando mais da administração pública e tem o que mostrar à população do que da articulação política. Mas permanece como um nome forte da política local. Se brincarem, achando que já ganharam a eleição como parece pensar Humberto Machado, podem ser surpreendidos pelo jovem político.

Nenhum comentário: