Esporte

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Arquidiocese suspende padre Robson de todas atividades relacionadas a Igreja Católica

 

O religioso fica proibido de realizar missas e conceder entrevistas em nome da igreja. 

O padre é alvo da operação Vendilhões

Por Marcos Aurélio Silva 

A Arquidiocese goiana decidiu suspender o padre Robson Pereira. O documento assinado pelo arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz, divulgado na noite desse domingo, 23, informa que foi revogada o uso de “Ordens” do padre.

O padre Robson é investigado na Operação Vendilhões, deflagrada na sexta-feira, 21, pelo Ministério Público, que investiga supostas transações irregulares da Associação Filhos do Pai Eterno, gerida pelo padre. Esse foi o motivo da para a decisão da arquidiocese. Entre outras coisas, o religioso fica proibido de celebrar missas, de apresentar programas ou dar entrevistas em nome da igreja.

O decreto assinado por Dom Washington diz que a operação”está causando escândalo entre os fiéis, prejudicando a vida pastoral do Santuário do Divino Pai Eterno, a comunhão eclesial e a boa reputação do próprio sacerdote.” No documento ainda é relatado que o arcebispo se encontrou com o padre para anunciar sua decisão de suspende-lo. “Expliquei-lhe as medidas que julguei necessárias e escutei suas observações.”

O decreto traz as seguintes determinações:

O Revmo. Pe. Robson de Oliveira Pereira está proibido de exercer qualquer ato de ministério sacerdotal, incluindo, entre outros, a absolvição de pecados (cf. cân. 967, §2) e a pregação (cf. cân. 764), com exceção apenas da celebração da Santa Missa estritamente ao interno da comunidade religiosa (cf. cân. 1333).

Ao Revmo Pe. Robson de Oliveira Pereira é concedida dispensa da proibição de celebrar a Eucaristia sem a participação de pelo menos algum fiel (cf. cân. 906).

Ao Revmo. Pe. Robson de Oliveira Pereira é concedida dispensa da obrigação de usar o hábito eclesiástico (cf. cân. 284).

Ao Revmo. Pe. Robson de Oliveira Pereira é lembrado que ele deve observar todas as obrigações dos clérigos (cf. cân. 273-289) e, em particular, abster-se, da maneira mais absoluta, de tudo o que seja

inconveniente para o estado clerical (cf. 285, §1).

O Revmo. Pe. Robson de Oliveira Pereira está proibido de participar, realizar e protagonizar programas de televisão, rádio ou internet. Isso inclui conceder qualquer entrevista jornalística ou de natureza semelhante.

O Revmo. Pe. Robson de Oliveira Pereira é encorajado a se valer de um diretor espiritual

“As restrições permanecerão em vigor até 23 de Janeiro de 2021, data em que será feita uma reavaliação das circunstâncias que as ensejaram”, diz o documento.

Nenhum comentário: