Esporte

terça-feira, 18 de agosto de 2020

Agente de transito chama a atenção após se sentar ao lado de égua que sofreu acidente

O fato comovente aconteceu na capital Goiânia.

A agente com tranquilidade e carinho fez com quê o animal se acalmasse.

Agente da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT), Graziella Neres Fleury chamou atenção após se sentar no meio da rua ao lado de uma égua que sofreu um acidente, em Goiânia. Nas imagens, a servidora faz carinho no animal para acalmá-lo e fica ao lado dele até ser resgatado. Segundo o Centro de Zoonoses, a égua teve fratura na pata direita.

“Eu pensei na dor. A fratura era muito feia, tinha pedaços pequenos de osso do lado dela, aquele calor, e ela no sol. Eu fui me aproximando devagarzinho e tentei acalmá-la”, disse a agente.

Graziella conta que muitos moradores e comerciantes da região se sensibilizaram com a égua e ofereceram ajuda. “O pessoal do posto de gasolina pegou um banner deles para tapá-la do sol e uma idosa se despôs a ajudar. Eu pedi um balde com água e dei para ela beber”, conta Fleury.

Segundo a agente, a égua se deitou no colo dela como forma de carinho e "agradecimento". “Eu acarinhei muito ela, o rosto, as patinhas da frente. Ela deixou até eu passar a mão na orelha dela, porque, geralmente, cavalos não gostam que passam a mão na orelha. Eu até apelidei ela de canela, por conta da cor. Teve um momento que ela colocou o focinho no meu colo”, relata Grazyella.

Acidente

O acidente aconteceu nesta segunda-feira (17), no cruzamento da Rua Senador Jaime com a Avenida Perimetral, no Setor Campinas.

O Centro de Zoonoses disse que a égua estava acompanhado de um cavalo e, ao se movimentarem na rua, a fêmea acabou sofrendo um acidente, depois de bater a pata traseira na porta de um carro que passava pela via.

A SMT foi acionada às 8h30 para controlar o tráfego de veículos no local, por conta do animal estar no meio da pista. “A informação que tivemos foi de que o acidente já tinha acontecido há algumas horas e que o animal estava acompanhado de um cavalo. Eles atravessaram a pista de forma inesperada, ou seja, o motorista não teve culpa”, disse a agente.

Para evitar outros acidentes, caso o animal ficasse mais agitado, foi necessário usar cones e barreiras para desviar os veículos e isolar a área. Quatro agentes fizeram o trabalho.

Resgate

Por volta das 11h30, após quase três horas, com a ajuda de um "munk", uma espécie de gancho, e um guincho com rampa, a égua foi levada pela SMT até o Centro de Zoonozes.

A equipe do Departamento de Zoonoses da Secretaria de Saúde de Goiânia informou que esteve no local do acidente e sedou o animal, que foi levado para a sede. Em seguida, a égua foi retirada doo órgão pelo protetor de animais Marco Berquó e levada para uma clínica veterinária.

Fonte: G1

Nenhum comentário: