Esporte

sexta-feira, 29 de maio de 2020

O editor solta o verbo

O que é mais fácil recuperar, a economia ou reverter um quadro de acometimento pela Covid-19?

Estamos passando por um momento ímpar tanto no que diz respeito à saúde pública como também na economia do país e do mundo.

Aqueles que tem um mínimo de discernimento entendem que o momento requer cuidados e sacrifícios.

Estamos diante de uma situação complexa, saúde/economia ou economia/saúde. O que fazer, qual o caminho a seguir?

O crédito tão anunciado pelo governo federal está cheio de falhas e não chega realmente a quem precisa, piorando ainda mais a vida financeira de muitas empresas, principalmente as micros e pequenas empresas.

Porém as razões são muitas, mas o mais surpreendente é a facilidade em personificar um responsável pelo desastre econômico e não responsabilizar o invisível Novo Coronavírus.

É imaturo responsabilizar o poder público municipal por esse desastre financeiro pois o mesmo não detêm o poder econômico de socorro a qualquer que seja a empresa, isso sim é responsabilidade do governo federal através de programas de socorro financeiro, ao governo municipal cabe o cuidado e a preservação de vidas minimizando o impacto causado pela Covid-19 principalmente no que diz respeito na prevenção do caos no sistema público de saúde do município.
Não estou passando mão na cabeça de quem quer que seja o governo, seja municipal, estadual e até mesmo federal.

É notório a preocupação dos governos municipal e estadual com relação à pandemia e me coloco no lugar deles, tendo que decidir qual a melhor medida a tomar, flexibilizar a abertura das empresas para que possam exercerem suas atividades, salvando empregos, pagando suas contas e preservando seu patrimônio e movimentando a economia ou fazer lockdown preservando vidas e não deixar que o sistema público de saúde não entre em colapso?

Novamente pergunto, o que é mais fácil, recuperar a economia ou reverter um quadro de acometimento pela Covid-19? Vida perdida não se recupera.

Nenhum comentário: