Esporte

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Deputado jataiense vai contra as recomendações da OMS

Goiás pode ter 6 mil mortes pela Covid-19.
100 pacientes poderão disputar um leito de hospital.

Diante de um quadro preocupante que envolve principalmente o estado de Goiás deputado ignora as recomendações da OMS e ele próprio recomenda abertura de todo o comércio.

Segundo o deputado José Prado Carapô existe uma exacerbação politizada sobre o contágio do Corona Vírus, mas que mesmo assim a população já entendeu que todos os cuidados são necessários, e ainda ele argumenta em defesa de sua tese, abertura total do comércio, pois alguns estados não terão como pagar a folha de pagamento devido a queda de arrecadação.

Pesquisa da UFG

Indo contra os argumentos do deputado a UFG - Universidade federal de Goiás, alerta para um futuro tenebroso sobre a pandemia em Goiás. De acordo com pesquisa feita pela universidade, nas próximas semanas o sistema de público de saúde do estado pode entrar em colapso se medidas mais firmes não forem tomadas e cerca de 6 mil goianos podem morrer acometidos pela Covid-19.

Veja nota da assessoria do deputado

Deputado Zé Carapô defede a abertura do comércio no Estado de Goiás

O Deputado Estadual Zé Carapô (DC) defende a abertura do comércio no Estado de Goiás a partir do dia 1º de junho. Ele argumenta que a flexibilização da quarentena está funcionando bem e que de acordo com o resultado da Pesquisa de Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil (Epicovid-19), financiada pelo Ministério da Saúde, coordenada pelo Centro de Pesquisas Epidemiológicas da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) e realizada pelas equipes do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE),  a prevalência da doença causada pelo coronavírus em Goiás é baixa.

Segundo levantamento da UFPEL, a averiguação ocorreu porque a aplicação dos mais de mil testes rápidos nas cinco cidades goianas que participaram do estudo e em toda a Região Centro-Oeste não obteve nenhum resultado positivo para a presença de anticorpos.

O Parlamentar argumenta que outro importante motivo para a abertura do comércio são as recentes declarações de alguns estados de que sem a ajuda do Governo Federal eles podem não conseguir pagar a folha de servidores no próximo mês. (Por Nadia Lippi - Via e-mail)

Nenhum comentário: