Esporte

sexta-feira, 3 de abril de 2020

Vinícius Luz, Humberto Machado e as eleições

O que nos reserva essas 3 situações?

Muitas mudanças estão ocorrendo nesse período de Corona Vírus, máquinas administrativas municipais, estaduais e federal totalmente alteradas em função da Epidemia da Covid-19, e o que diz respeito a política não é diferente.

Aqui em Jataí repartições públicas e privadas totalmente alteradas, as públicas com horários reduzidos e atendimento online ou por telefone, as comerciais quase tudo com portas fechadas, salvo aqueles chamados essenciais.

E na política?

Esse é um detalhe interessante. Há quem diga que as eleições estão comprometidas em função do Corona Vírus, pois não se pode fazer aglomerações, as chamadas reuniões onde os correlegionários, partidários e militantes possam estar juntos e traçarem pontos de campanha, fazer filiações, construir alianças, se movimentarem e traçar estratégias.

Mas e Vinícius Luz e Humberto Machado?

Esses são os dois protagonistas da política Jataiense. Mesmo que um deles não se declarou, ainda, é o caso do atual prefeito, Vinícius Luz, naturalmente ele é candidato a reeleição. Nos últimos dias houve uma boa movimentação nesse sentido, no seu comportamento político, mudança de partido e indiretamente construção de alianças.

A situação de Humberto Machado já é mais explícita. Suas andanças pela cidade, conversa com um e outro, visitas e fazendo costuras políticas, ou seja, que é candidato a prefeito é público e notório, até por que seu discurso aos quatro cantos do município é todo nessa direção. Uma coisa não se pode deixar de analisar, o cenário político é totalmente diferente de quando foi prefeito pela última vez.

Com Vinícius Luz fazendo esse rearranjo na política jataiense a coisa pode não ser tão simples assim para HM o que significa que o páreo será difícil entre esses dois protagonistas de nossa política.

Acrescentando ao cenário está a crise financeira e econômica que assola a maioria dos municípios, política desacreditada e agora para piorar a crise provocada pelo Corona Vírus que vai trazer sérias consequências econômicas para as prefeituras. Sendo pessimista, o que já estava ruim poderá ficar ainda pior.

Apesar dos fatos que envolve hoje, a atual administração, as questões financeiras que envolve a prefeitura, Vinícius Luz faz uma administração que lhe é permitido, falta de verbas, falta de apoio no governo estadual diante desses fatos sua gestão é relativamente boa.

Porém, para o futuro próximo, no que diz respeito à política, todo esse cenário é incerto, no que tange a realização do Pleito 2020. Como diz nosso Articulista Adalberto Lemos, "Oremos", e aguardemos.

Um comentário:

BETO LEMOS disse...

Eu seria até mais contundente Gideone. Vejo uma mudança radical dos "resultados" até então esperados. A presença midiática do prefeito propicia a esse um espaço fenomenal e vai modificar, sensivelmente, o resultado das eleições. Ele, que até então era considerado, por muitos, como "cobra morta", vem costurando apoios durante esse "conflito bélico do coronavirus" que permitirão a ele, com certeza, ir para o páreo, no mínimo, com chances e brigar por uma boa votação. As "medidas sociais" serão seu cavalo de batalha, e nosso povo vai lembrar é desse último período, principalmente se ele, reabrir a U.P.A., utilizando as verbas que poderão vir aos montes com esse "estado de emergência",, poucos vão lembrar que fechou na gestão dele, mas muitos vão lembrar que ele "reabriu". Ele não é burro não. O Humberto está "quieto", (com aspas mesmo), por baixo do pano está articulando e muito sua candidatura e não deve ser bobo de pensar, como muitos eleitores, que a eleição é favas contadas e está, com certeza vendo tudo o que o seu principal futuro opositor está fazendo. A campanha vai ser acirrada, movimentada e, gostemos ou não, o diferencial será o coronavirus, e não adianta me falarem como ouvi esses dias, "não vou misturar política com isso" que é impossível para os atuais políticos como para os pretensos.