Esporte

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Com a palavra o Editor

Comércio aberto X máscara

Por Gideone Rosa
Caros leitores, seguidores, admiradores e críticos
Então, o título acima parece estranho não é mesmo? Porém na minha opinião é bastante pertinente em face ao momento que estamos vivendo, onde muitos querem tanto, mas não querem nada, ...com responsabilidades, nenhuma responsabilidade.

Apelam, xingam o governo pelos nomes mais baixos de que sem notícias, demonstrando nenhuma educação, achando que o extremismo resolve alguma coisa, esquecendo que tal atitude leva aos piores conflitos.

Até o Tio Sam está dando o braço 
a torcer e você não quer comprar 
"uma" Máscara e reabrir seu 
comércio!?!
Não estou aqui dando ou tirando razão de quem quer que seja, mas sim buscando o bom senso, pois as duas frentes tem razão, o governo com sua preocupação no possível caos nos hospitais e os empresários com seus custos operacionais diários e mensais como pagamento de funcionários, impostos e sua própria sobrevivência. Salvo, é claro, aqueles que adoram fazer drama e terrorismo psicológico, porém até mesmo esses não deixam de ter um pontinho de razão, mas só um pontinho.

Voltando ao título deste artigo, que é pertinente. Qual a razão dele? Bom, é sabido das dificuldades de empresários como um todo, seja industrial, comercial ou prestadores de serviço com essa quarentena que sabe-se lá até quando vai, diante dessas dificuldades que todos os setores da economia vem sofrendo é compreensível a luta e a pressão para que voltemos a normalidade, ou seja, voltarmos todos às nossas atividades econômicas para que todos possam pagar as contas. Diante desses fatos os governos ficam num dilema terrível, abrir ou não abrir, eis a questão. 

Se abrir sem que haja o mínimo de participação dos empresários na contenção da doença o governo corre o risco de ter em suas mãos o colapso do sistema de saúde, mas se ele, o governo, autoriza a reabertura sem esse mínimo de participação do empresariado nessa prevenção, que é o uso obrigatório de máscaras tanto para os funcionários quanto para clientes, boa parte destes empresários mais uma vez xingam e usam as piores palavras do dicionário da língua portuguesa para classificar o governo, ou seja, não querem ter nenhuma responsabilidade ou participação nesse processo tão delicado.

A pergunta que não quer calar, o que é o custo de uma máscara diante de todo o custo operacional de uma empresa? todos temos que fazer a nossa parte, o mínimo que seja. 

Sabemos sim da carga tributária "extorsiva" que incide sobre todos nós brasileiros e os governos com tanta arrecadação tem que cuidar de seu povo, sabemos disso, mas o momento é excepcional! É o momento de darmos as mãos pelo bem comum!!! Se eu posso comprar mais de uma máscara, comprarei e darei uma àquele que não pode comprar nenhuma! Se não tem máscaras no mercado para vender, tenhamos atitudes na busca por alternativas para sanar o problema! ...Fazemos, ...construímos, buscamos quem faz!!! O povo brasileiro é um povo sofrido, mas inspiração não falta, o que falta é atitude.

Não sejamos pessimistas e muito menos egoístas, deixemos "o palanque político" para os pobres de espírito que acham que "levar vantagem em tudo" é que faz dar razão a sua existência.

Ontem, vendo um telejornal, fiquei emocionado ao ver empresas, grandes empresas, concorrentes se unindo anunciando doação de milhões para órgãos do governo como a Fio Cruz para que as pesquisas científicas não parem. Isso é só um dos exemplos, pois eles sabem que o prejuízo pode ser ainda maior se não derem as mãos nessa união contra o CORONA VÍRUS!!!

Mas alguém aqui do meio do povo vem e diz, "é mais eu não tenho milhões para doar, eles que são ricos que se virem". Você pode não ter milhões para doar, mas se você tem pelo menos uma máscara ou dois reais, que é o custo de uma máscara em uma loja da cidade, doe. Você já estará fazendo uma grande diferença na prevenção desta pandemia.

Caros leitores, vamos esquecer as divergências políticas, idealistas, não será com terrorismos psicológicos, xingamentos que os problemas se resolverão, pelo contrário só agravam! Sejamos mais humanos! Esse é um momento de união de esforços para, juntos, superarmos tamanha adversidade.

Nenhum comentário: