segunda-feira, 13 de abril de 2020

Brasileiro não sabe se escuta o ministro ou o presidente, diz Mandetta

Ministro da Saúde concedeu entrevista exclusiva ao Fantástico. 
Ele também afirmou ser necessário pedir aos governadores que retenham mobilidade acelerada.

Do G1
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, em entrevista exclusiva exibida na noite deste domingo (12) no programa Fantástico, que o brasileiro não sabe se escuta o presidente da República ou o ministro da saúde. Mandetta disse que é sua obrigação como brasileiro pedir aos governadores que retenham a mobilidade acelerada dentro das cidades, o que, segundo ele, "pode ser muito ruim para o país".

O chefe da pasta da Saúde, responsável por coordenar as ações de combate à pandemia do novo coronavírus no Brasil, foi questionado se fica constrangido com o descumprimento, pelo presidente Bolsonaro, das orientações do ministro. Enquanto Mandetta tem orientado a população a ficar em casa, Bolsonaro tem minimizado os riscos da doença e feito passeios nos quais mantém contato físico com apoiadores.

"Eu espero que essa validação dos diferentes modelos de enfrentação possa ser comum e termos uma ala única, uma fala unificada. Porque isso leva pro brasileiro uma dubiedade. Ele não sabe se ele escuta o ministro da Saúde, se ele escuta o presidente, quem é que ele escuta."

Nenhum comentário: