Esporte

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Mulher suspeita de atirar em cantor se apresenta à polícia

A ex-mulher do cantor sertanejo Agnaldo Moraes de Rezende, se apresentou na manhã desta Quarta-feira, na delegacia da Polícia Civil (08/01) é confessou ao delegado do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) Aguinaldo Coelho, ter cometido a tentativa de homicídio contra o cantor na manhã de ontem na rua Alameda Caiapônia no Conjunto Rio Claro l, nas proximidades de onde a vítima mora com os pais. 

Lilian de Cássia Ribeiro Lemes Severino de 40 anos relatou em seu depoimento que passava pela rua quando ocasionalmente encontrou com o ex-companheiro e temendo que ele fizesse algo de mal com ela, pegou a arma que estava junto com ela no carro, sendo um revólver calibre 38 e efetuou os disparos contra o mesmo, pois segundo Lilian anos anterior recebeu ameaças da vítima, devido a uma denúncia de estupro de vulnerável contra uma pessoa da sua família. 

Após o crime Lilian saiu da cidade e ficou em uma chácara no município de Indiara-Go, até amanhã de hoje onde se apresentou juntamente com a arma usada no crime.

Segundo a suspeita, ela relatou em seu depoimento que estaria em posse da arma na intenção de seifar a própria vida.

A autora não possui passagens pela polícia, a vítima possui passagem por estupro de vulnerável ocorrido em 2016, e está respondendo o processo criminal ligado a família da autora.

Lilian vai responder o processo em liberdade por não ter sido presa em flagrante. A vítima segue hospitalizada.

Fonte: RP Notícias

Nenhum comentário: