Esporte

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Jornal O Popular demite Britvs, criador do Katteca

João Luiz “Britvs”, criador do Katteca | Foto: Reprodução
Aos 68 anos, João Luiz Brito Oliveira trabalhava havia mais de 50 anos em O Popular. 
O personagem Katteca tem 46 anos

Por Euler de França Belém 
João Luiz Brito Oliveira, o Britvs, estava em sua casa na sexta-feira, 3, quando recebeu uma ligação de um editor de “O Popular”: “Não vamos renovar o contrato do sr.” O criador do Katteca, o indiozinho sapeca, quis saber o motivo, mas o editor não explicitou. Só disse: “Sinto muito, sinto muito”. Duas vezes. Na redação, um repórter do jornal disse: “Cortaram um pedaço da história de ‘O Popular’ e não colocaram nada no lugar”.

Britvs trabalhava para “O Popular” – foi inclusive jornaleiro – havia mais de 50 anos. O Katteca foi criado em 1973 – há 46 anos. “Eu merecia um pouco mais de consideração. Poderiam ter me chamado à redação. Mas me despediram por telefone. É constrangedor.”



Os quadrinhos do Katteca eram, segundo Britvs, os mais lidos em “O Popular”. “Katteca se tornou um símbolo de ‘O Popular’ – tal a identificação do jornal com o personagem.” De fato, o indiozinho participava da vida da cidade e se metia em todo e qualquer assunto. Muitas pessoas começavam a leitura de “O Popular” não pelas notícias, e sim pelos quadrinhos do Katteca, que, a rigor, eram quase editoriais do jornal sobre os fatos. Num veículo de comunicação que quase não tem opinião própria, massa crítica interna, Katteca era, até, uma espécie de dissonância.

Aposentado, Britvs recebe pouco mais de um salário mínimo. Em “O Popular”, recebia 4.800 reais por mês. Ele havia registado uma empresa e era prestador de serviço, não tinha mais carteira-assinada (mesmo assim, o jornal exigia exclusividade do profissional). O afastamento, segundo uma fonte do jornal, tem a ver com contenção de despesas e não estão descartadas outras demissões.

Britvz tem 68 anos.

Nenhum comentário: