Esporte

sábado, 14 de dezembro de 2019

Piracanjuba - Mais vereadores envolvidos na chamada "rachadinha"

A Polícia Civil garantiu o afastamento dos vereadores envolvidos
Vereadores de Piracanjuba são afastados por suspeita de crime de concussão
Os parlamentares teriam exigido, por cerca de de um ano, parte dos salários de suas assessoras parlamentares, sob ameaça de serem exoneradas do cargo

Por Thauany Melo 
A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia (DP) de Piracanjuba, efetuou o afastamento das funções públicas dos vereadores Rogério Valdivino Pinheiro (PROS) e Luiz Carlos Nunes de Souza Junior (PSL), nesta quinta-feira,12, por suspeita de crimes de concussão. Os parlamentares teriam exigido, por cerca de de um ano, parte dos salários de suas assessoras parlamentares, sob ameaça de serem exoneradas do cargo.

Nesta sexta-feira,13, foram cumpridos 7 mandados de busca e apreensão nos domicílios dos investigados e nos gabinetes dos vereadores afastados. Foram apreendidos documentos e materiais eletrônicos que podem estar relacionados ao crime.

A ação faz parte da Operação Mãos Limpas e efetiva o cumprimento da decisão judicial de que os parlamentares deverão permanecer impedidos nas suas funções públicas até a conclusão da ação penal, sujeitos a prisão preventiva e multa pecuniária em caso de descumprimento.

O delegado que coordena as investigações, Leylton Barros, afirmou que a medida foi requerida junto ao Poder Judiciário para evitar que os políticos suspeitos não cometam outros crimes contra a Administração Pública ou obstruam as investigações.

Se condenados pela infração, os vereadores poderão ser condenados a 8 anos de reclusão.

Fonte: Goiás Press/Opção

Nenhum comentário: