segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Para Oséias Varão, criação do juiz de garantias só garante impunidade

Na interpretação do parlamentar, basta observar as pessoas que estão comemorando a sanção. 
“São pessoas que estiveram durante esses anos todos envolvidos em escândalos de corrupção”

Por Felipe Cardoso 
Em entrevista a uma rádio local, o vereador Oséias Varão (PSB) discutiu um trecho polêmico do pacote anticrime sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro: a criação do juiz de garantias. A medida, segundo o parlamentar, não visa garantir direitos, e sim, a impunidade.

“O Brasil passou, nos últimos anos, por uma situação que nunca antes havíamos experimentado: os criminosos ricos e poderosos serem presos pelos seus atos de corrupção”, disse. Em seguida, Varão reforçou que havia “um domínio e um conforto muito grande por parte dos corruptos, seguros de que jamais seriam condenados ou presos”.

No entanto, ele avalia que isso mudou. “Como estamos lidando com pessoas muito poderosas elas estão tentando uma reação a isso. Uma das falhas do processo legal criminal no Brasil é o excesso de garantias. As leis brasileiras são extremamente garantistas para além do necessário”, criticou.

Por fim, o vereador disse que basta observar as pessoas que estão comemorando a sanção deste trecho do projeto – para entendê-lo. “São pessoas que estiveram durante esses anos todos envolvidos em escândalos de corrupção. O objetivo da medida é ser mais um mecanismo para garantir impunidade”, pontuou.
Fonte: Opção

Nenhum comentário: