Legislativo Jataiense

Câmara Municipal de Jataí

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Projeto de lei pretende assegurar acompanhantes do sexo feminino em consultas ginecológicas

Divulgação/Google
Por Leicilane Tomazini 
Segundo Paulo Trabalho, propositor da matéria, objetivo é proteger tanto o profissional quanto a paciente de possíveis desconfianças ou abusos por qualquer uma das partes

O deputado Paulo Trabalho (PSL) apresentou, na Assembleia Legislativa de Goiá (Alego), um projeto de lei que assegura o direito de pacientes levarem uma acompanhante do sexo feminino para assistir as consultas médicas ginecológicas.

A justificativa, segundo o parlamentar, consiste no fato de que casos de abuso e assédio sexual cometidos por ginecologistas muitas das vezes ficavam impunes, isto porque as consultas eram em particular com esses médicos. Dessa forma, as vítimas ficavam desprotegidas e não contavam com a garantia de uma testemunha.

Para o deputado, a medida vem para “proteger tanto o profissional quanto a paciente de possíveis desconfianças ou abusos por qualquer das partes, preservando a relação médico-paciente”. Ainda de acordo com o texto, a garantia é estendida a qualquer procedimento ginecológico, ainda que a paciente não esteja sedada.

A matéria tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Casa.

JN via Opção

Nenhum comentário: