Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Termas de Jataí


Mês de Julho, mês de férias
As águas termais de Jataí te faz muito mais feliz!

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Moradores de Rio Verde sofrem com surto de dengue e vereador denuncia descaso

Vereador Elvis Castro considera a situação alarmante e ressalta que número de casos tem crescido de maneira desenfreada

Por Felipe Cardoso 
O município de Rio Verde enfrenta um surto desenfreado de dengue. O relato é um de um vereador que recebe diariamente denúncias e cobranças da população que sofre com a falta de atendimento e preparo por parte do Sistema Único de Saúde (SUS) e das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do município.

Em entrevista ao Jornal Opção, o vereador Elvis Castro Silva (ex-integrante do PRP e atualmente sem partido) revelou que tem percebido um “crescimento no número de atendimentos de pessoas com os sintomas da dengue”. “As pessoas chegam de diferentes localidades do município e reclamam constantemente do descaso no atendimento. Os médicos ou enfermeiros avaliam, dizem que a pessoa está com suspeita de dengue, não fazem nenhum tipo de exame, e fica por isso mesmo”, lamenta.

Ele, que considera a situação “alarmante” e diz que o número de casos tem crescido “de maneira desenfreada”, relatou ainda que juntamente com a vereadora Lúcia Batista e o vereador Manoel Pereira providenciaram, recentemente, um trator particular para fazer a limpeza de dois lotes.

“O local mais parecia uma selva. Atendemos ao pedido de uma moradora que estava sofrendo muito com o abandono do local. Lotes nessas condições não só ajudam a proliferar o mosquito como também outras pragas”, lembra o parlamentar.

Para ele, não dá para esperar “a boa vontade prefeitura” que “não tem feito nada para controlar a situação”. Em seguida, Elvis revelou que nem mesmo as chamadas dos vereadores estão sendo atendidas pela prefeitura: “Eles não dão o mínimo de atenção para as demandas. Até nós, vereadores, somos tratados com descaso. Nossos telefones foram bloqueados e a prefeitura não nos atende. Recentemente tive que comprar 20 chips. Eu ligo, quando descobrem que o número é meu, eles bloqueiam”, lamentou à reportagem.

A prefeitura de Rio Verde foi procurada pela reportagem que não obteve retorno até a publicação da matéria. O espaço continuará aberto para o posicionamento do Executivo municipal.

Nenhum comentário: