Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Festival das Abelhas

Participe do maior festival do interior Goiano

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Criança de 10 anos morre enquanto brincava com espingarda artesanal em Goianira

Disparo foi efetuado por outra criança enquanto eles brincavam de polícia e bandido. 
Pai da vítima pode ser responsabilizado

Por Artur Dias/Mais Goiás e JN
Uma criança morreu baleada na tarde desta quinta-feira (4) enquanto brincava com um amigo com uma espingarda artesanal. O acidente aconteceu por volta das 14h40, no município de Goianira, região metropolitana da capital.

De acordo com informações da Polícia Civil (PC), J.V.O. e R.C.A., ambos de 10 anos, brincavam no Setor Parque Solimões quando encontraram a arma encostada em um armário da cozinha. Eles passaram então brincar de polícia e bandido, quando J.V.O. disse a R.C.A. que a arma estava descarregada e que ele poderia puxar o gatilho. O disparo atingiu o peito da vítima.

O Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados e chegaram a transportar a vítima para o Hospital de Goianira e, em seguida, para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Entretanto, a criança não resistiu ao ferimento e morreu.

Responsabilidade

O delegado responsável pelo caso, Bruno Costa e Silva, afirmou que R.C.A. não é considerado autor por ser menor de idade. O caso foi encaminhado para o Conselho Tutelar e ao Centro de Referência e Assistência Social (Creas), que devem realizar o acompanhamento da criança.

“Além de ele ser menor, as investigações mostraram que o disparo foi acidental, uma vez que a vítima afirmou que a arma estava descarregada”, completou o delegado.

Já o pai da vítima, proprietário da arma, poderá ser responsabilizado. Ele tem 30 anos e será alvo de um inquérito por posse ilegal de arma de fogo e por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). O nome dele não foi divulgado pela polícia.

Nenhum comentário: