Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Festival das Abelhas

Participe do maior festival do interior Goiano

quarta-feira, 17 de abril de 2019

A Inquisição do STF busca culpados de ataques (JN)

Policial Civil de Goiás é um dos suspeitos promover ataques contra STF na internet
Omar Rocha Fagundes e outras seis pessoas foram alvos de mandados de busca e apreensão nesta terça (16)

Da redação do Mais Goiás
Um dos alvos dos mandados de busca e apreensão cumpridos pela Polícia Federal (PF) nesta terça-feira (16) mora em Goiás e é policial civil. Omar Rocha Fagundes é um dos suspeitos de promover ataques contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e a os ministros pelas redes sociais.

O inquérito que investiga esses ataques é conduzido pelo ministro Alexandre de Morais. 
Ele apura a publicação de fake news, ameaças e ofensas contra o tribunal. Além de Omar, outras seis pessoas são investigadas. Entre elas, o general da reserva Paulo Chagas, que foi candidato ao governo do Distrito Federal em 2018.

Uma das postagens de Omar que são apuradas pela justiça afirma que o STF seria “bolivariano” e que os ministros estariam alinhados com “narcotraficantes e corruptos”.


Nota

Na Inquisição o "Estado" investigava, condenava e executava

Significado histórico

HISTÓRIA DA RELIGIÃO

tribunal eclesiástico instituído pela Igreja católica no começo do XIII com o fito de investigar e julgar sumariamente pretensos hereges e feiticeiros, acusados de crimes contra a fé católica; Santo Ofício [Os condenados eram enviados ao Estado, para serem sentenciados.

Obs. O "Estado" era a própria Igreja

Nenhum comentário: