Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Pague seu tributo em dia e participe do desenvolvimento de nosso Município


sábado, 2 de março de 2019

José Nelto diz que redução dos duodécimos é necessária para “acabar com a farra”

Para o parlamentar a medida significa economia com o dinheiro público

Por Luiz Phillipe Araújo/Opção-JN
O deputado federal por Goiás José Nelto (Podemos) disse ao Jornal Opção que espera que o Supremo Tribunal Federal (STF) considere constitucional a proposta de reduzir os repasses dos duodécimos a órgãos do Legislativo e Judiciário. O parlamentar diz que está na hora de “cortar na carne”.

Sob análise do STF, nesta quarta-feira, 27, a proposta de corte deve afetar a Assembleia Legislativa de Goiás, o Ministério Público, Defensoria e Tribunal de Contas, em conjuntura de recessão. O tema divide parlamentares e figuras políticas entre a pauta ser ou não constitucional. Sobre isso, José Nelto afirma: “quem realmente vai dizer se é constitucional é o Supremo”.

“Eu espero que após essa decisão os políticos também estejam dispostos a proporem uma reforma política. Não dá mais para ficar brincando com o dinheiro público, o povo votou por mudanças”, afirmou Nelto.

Quando questionado se a redução de verba colocaria em risco órgão do Judiciário como os Tribunais de Contas, José Nelto disse que atualmente o setor trabalha com 30% a mais do que o necessário, e por isso considera que o corte não prejudicaria os trabalhos.

Nenhum comentário: