Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Esteja em dia com os tributos municipais e participe diretamente de nosso desenvolvimento


Clique na imagem e retire seu Carnê

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Senador goiano comemora projeto Anticrime e diz que trabalha pela aprovação da matéria

Luiz Carlos do Carmo (MDB) avalia que mudança é “passo largo rumo a país menos violento mais ético e sem impunidade”


Por Mayara Carvalho
O senador Luiz Carlos do Carmo (MDB) comemorou as mudanças propostas pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, abarcadas pelo Projeto de Lei Anticrime apresentado nesse segunda-feira, 4.

O texto será enviado pelo governo ao Congresso Nacional e para entrar em vigor, deve ser aprovado por deputados e senadores.

“Boa parte de nosso congresso foi eleito com a bandeira da segurança pública e do combate à corrupção. O projeto do ministro Moro é um passo largo ao caminho que o brasileiro quer ver o país trilhar: um Brasil menos violento, mais ético e sem impunidade”, disse.

O senador comemorou as mudanças a respeito da progressão de pena para crimes hediondos, uma de suas principais bandeiras desde que assumiu o posto. “Revolta qualquer um ver criminosos perigosos, que mostram uma falta de humanidade imperdoável, saírem livres das prisões após dois quintos da pena. Isso precisa acabar e o projeto Anticrime é um início para que isso aconteça”.

O texto do projeto define que em caso de crimes hediondos em que houver morte, o condenado só poderá progredir de regime (do fechado para o semiaberto, por exemplo) após cumprir três quintos da pena. Hoje, esse período é de dois quintos da pena.

Nenhum comentário: