Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Cooperativa de crédito deixa milhões em prejuízos a cooperados

Sicoob é extinta e deixa prejuízo de R$ 114 milhões; confira a nota

O Liberal/Americana
O Banco Central determinou, no início deste mês, a extinção da Sicoob Unimais Bandeirante (Cooperativa de Crédito dos Médicos e Demais Prossionais da Saúde, Pequenos Empresários, Microempresários e Microempreendedores), com sede em Americana. O órgão aprovou a incorporação dela, com seus direitos e obrigações, por outra cooperativa com sede em Goiânia (GO). A nova instituição já anunciou que um prejuízo de R$ 114,5 milhões será rateado entre os 11 mil associados “com pagamento em até 15 anos” ou por meio das sobras anuais futuras “sem necessidade de desembolso” direto.

Fundada em 1999, a Bandeirante contava com 15 postos de atendimento nas regiões de Americana, Piracicaba, Botucatu, Assis e Ribeirão Preto. O último balanço publicado por ela, referente ao exercício de 2017, apontou lucro de R$ 506 mil. O relatório sobre 2018, que deveria ser divulgado até abril deste ano, já estará sob responsabilidade da nova cooperativa. Um associado, que pediu para não ser identicado, disse que foi informado de que para cada R$ 1 depositado ele terá de arcar com outros R$ 2,65. Ele ainda contesta a assembleia que aprovou a operação, que segundo ele foi realizada em Goiânia “para não chamar a atenção” em Americana.

“Cooperativa pode dar lucro ou prejuízo e ambos se dividem entre os associados, é normal. Mas o prejuízo, agora, parece ter sido gerado por operações atípicas de crédito. A diretoria acelerou o processo de incorporação, através de uma assembleia na surdina, e está se ocupando de omitir informações sobre o que levou a quebra”, disse.

Nenhum comentário: