Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Thermas Jatahy


sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Painéis fotovoltaicos - Gerando a própria energia


Seconci implanta sistema fotovoltaico para gerar a própria energia elétrica, em Goiânia
Instituição recebeu 200 módulos fotovoltaicos que serão suficientes para o funcionamento da entidade; economia gerada deve pagar mini usina em três meses.

Por Murillo Velasco, G1 GO
O Serviço Social da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Seconci Goiás) implantou um sistema fotovoltaico que será responsável por gerar toda a energia elétrica consumida na sede da instituição, em Goiânia. De acordo com a entidade, a economia gerada pela mini usina deve pagar o investimento em, no máximo, três meses.

O sistema fotovoltaico foi instalado na sede do Seconci Goiás, no Jardim América, na região sul da capital. A instalação demorou cerca de dois meses para ser concluída.


Foram colocados 200 módulos fotovoltaicos de silício policristalino, com o objetivo de contribuir com a preservação do meio ambiente. Além da instalação do sistema de energia solar, o Seconci promoveu a troca das lâmpadas antigas por de LED.

De acordo com informações divulgadas pelo Seconci Goiás, entre junho de 2017 e junho deste ano, o investimento em energia solar cresceu 1.300%, conforme dados do Ministério de Minas e Energia. Goiás possui um grande potencial, pois está dentro do chamado cinturão do sol.

Para presidência da instituição, o foco da ação da entidade é promover a sustentabilidade econômica e ambiental, proporcionando economia financeira e poupando recursos naturais do planeta.

Crédito com a Enel
Com o início do funcionamento das placas fotovoltaicas, ao fim de cada mês, a instituição vai pagar apenas a tarifa mínima para Enel, revertendo os recursos para atividades na área de medicina, segurança do trabalho e assistência social. Em meses em que a mini usina produzir energia excedente, ela será gerada para rede da Enel, que vai retornar como crédito na conta de luz da instituição.

Postar um comentário