Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Thermas Jatahy


segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Advogado é morto a tiros dentro de bar em Anicuns

Segundo Polícia Militar, estabelecimento pertence à própria vítima. 
OAB-GO lamentou crime e cobrou "apuração rigorosa dos fatos e punição aos criminosos".

Por Sílvio Túlio, G1 GO
Um advogado de 26 anos foi morto a tiros dentro de um bar, em Anicuns, região central de Goiás. Segundo a Polícia Militar, Wellington da Costa Souza foi alvejado e morreu no local. Câmeras de segurança de um comércio vizinhos flagraram o momento em que dois homens chegam em uma moto, o garupa desce e efetua os disparos. Em seguida, ele monta novamente no veículo e ambos fogem (veja vídeo).

O crime ocorreu na tarde de sábado (27). De acordo com o major Aparecido Alves de Oliveira, comandante da PM na cidade, a vítima estava sozinha quando foi atingida.

"Pelo que levantamos, o bar pertence a ele, que mora nos fundos. O garupa chegou, se aproximou, atirou e depois fugiu com o comparsa. Temos algumas suspeitas sobre o crime, mas não podemos passar para não atrapalhar as investigações", disse Oliveira ao G1.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Goiás (OAB-GO) emitiu nota assinada pelo presidente do órgão, Lúcio Flávio Siqueira de Paiva, na qual lamentou o crime e cobrou uma "rigorosa apuração dos fatos e punição aos criminosos" 

OAB-GO lamenta, repudia e cobra elucidação de assassinato de advogado em Anicuns

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) vem a público para lamentar, repudiar e cobrar elucidação de assassinato do advogado criminalista Wellington da Costa Souza, ocorrida em Anicuns.

Ele foi assassinado em seu estabelecimento comercial. Ainda não há mais informações sobre o caso.

O presidente da Comissão da Advocacia Jovem da subseção de Anicuns, Cristiano Pereira, esteve no local a fim de acompanhar pessoalmente o início das investigações do assassinato. A OAB-GO segue alerta e cobra rigorosa apuração dos fatos e punição dos criminosos.

Lúcio Flávio Siqueira de Paiva

Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO).
Postar um comentário