Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Projeto Sonho de Natal 2018




domingo, 2 de setembro de 2018

Incêndio de grandes proporções destrói o Museu Nacional

Apesar de sua importância histórica, o Museu Nacional também foi afetado pela crise financeira da UFRJ e está há pelo menos três anos funcionando com orçamento reduzido, segundo reportagem de maio do Bom Dia Brasil de maio deste ano. A instituição completou 200 anos em 2018.

O museu contém um acervo histórico desde a época do Brasil Império. 

Destacam-se em exposição:

- a coleção egípcia, que começou a ser adquirida pelo imperador Dom Pedro I;
- a coleção de arte e artefatos greco-romanos da Imperatriz Teresa Cristina;
- as coleções de Paleontologia que incluem o Maxakalisaurus topai, dinossauro proveniente de Minas Gerais;
- o mais antigo fóssil humano já encontrado no país, batizada de "Luzia", pode ser apreciado na coleção de Antropologia Biológica, entre outros.

"A perda é imensa. A vida de muita gente está lá dentro. Eu não quero nem pensar", disse um restaurador em entrevista à GloboNews.

AGORA
O Museu Nacional guarda um acervo de mais de 20 milhões de itens. Ele já foi residência oficial da família real e é a primeira instituição científica da história do país.
Postar um comentário