Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Thermas Jatahy


quinta-feira, 2 de agosto de 2018

PT decide apoiar PSB em quatro estados em troca da neutralidade do partido na eleição presidencial

Acordo fechado nesta quarta prevê apoio do PT aos candidatos do PSB em Amazonas, Amapá, Paraíba e Pernambuco. 
Pacto barra apoio dos socialistas à candidatura de Ciro Gomes ao Planalto.

Por Lucas Salomão, G1, Brasília
m acordo costurado nesta quarta-feira (1º), o PT se comprometeu a apoiar os candidatos do PSB aos governos de Amazonas, Amapá, Paraíba e Pernambuco em troca da neutralidade dos socialistas na eleição presidencial.

Ao decidir pelo apoio aos candidatos aos governos desses estados, o PT conseguiu que, em troca, o PSB não apoie nenhum candidato na disputa pelo Palácio do Planalto – posição que o próprio presidente do PSB, Carlos Siqueira, rejeitava há duas semanas.

Nos últimos meses, a campanha do candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, vinha tentando atrair o apoio do PSB para formalizar uma chapa entre os dois partidos, na qual o PSB indicaria o candidato a vice.

Nas palavras de um dirigente do PSB que participou das negociações, o PT buscou o apoio do PSB porque sabia que, com um pacto de não agressão entre as duas siglas, a campanha de Ciro seria "desidratada" e o candidato do PDT ficaria isolado na corrida ao Palácio do Planalto.

Ao optar pela neutralidade, o PSB deixa de colaborar com tempo de TV e com recursos do fundo partidário para a campanha de Ciro Gomes.

De acordo com levantamento do Banco BTG Pactual, por dia, o PSB tem direito a 3 minutos e 50 segundos de propaganda na TV durante a campanha presidencial. Já o PDT de Ciro Gomes tem direito a 2 minutos e 20 segundos. Leia mais
Postar um comentário