Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Thermas Jatahy


quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Marconi quer reduzir número de senadores e deputados no Congresso Nacional

Proposta do candidato ao Senado Federal pelo PSDB visa proporcionar economia para que o País possa fazer investimentos

Do Mais Goiás
Reunido na tarde desta terça-feira (28) com grupo lideranças políticas e representantes de entidades sociais em Aparecida de Goiânia, o candidato ao Senado, Marconi Perillo (PSDB), falou de suas propostas. O ex-governador afirmou que no primeiro dia de trabalho na Casa legislativa vai apresentar projeto de lei propondo a redução do número de senadores, e também de um terço do número de deputados federais, visando economia para que o País possa fazer investimentos em função do povo.

Marconi também voltou a destacar que trabalhará pelo fechamento das fronteiras do Brasil pelas Forças Armadas, para evitar a entrada de drogas e armas contrabandeadas.“O Brasil precisa de pessoas sensatas, experientes, para tirar o País do atoleiro. As coisas podem piorar se fizermos as escolhas erradas. Quero estar no Senado para fazer as reformas, mudanças, e ajudar a colocar o Brasil nos trilhos”, disse, referindo-se também ao candidato à presidência da República Geraldo Alckmin, a quem pediu votos por confiar inteiramente em seu trabalho e sensatez.

Ao falar sobre a disputa ao governo estadual, Marconi pediu que as lideranças e a população prestem atenção para não se deixarem enganar por quem nunca trabalhou nem suou a camisa por Goiás. Ressaltou que tem trabalho mostrado e anda por todo o Estado com a cabeça erguida pelas obras e pelos benefícios que já conseguiu levar a todos os 246 municípios goianos. “Para mim o que importa é o olho no olho, o compromisso estabelecido com cada um. Não faço de conta que estou fazendo as coisas nas redes sociais. Tenho um trabalho mostrado a Goiás e ao Brasil”, declarou.

Marconi destacou, ainda, que eleito senador continuará a atuar pelas causas sociais, ajudando instituições filantrópicas por meio de emendas parlamentares. O candidato ainda garantiu que representará Aparecida de Goiânia no Senado Federal.

“Aparecida é uma das maiores cidades do Brasil e precisa ter um representante no Senado. Sendo eleito senador, vou ajudar Aparecida, ajudar essa Câmara dos deputados. Tenho um histórico bonito de ajuda a Aparecida, porque fui parceiro de todos os prefeitos que aqui passaram”, ressaltou Marconi, lembrando algumas das obras levadas ao município, como Credeq, esgotos, asfalto, viaduto do Madre Germana, UEG.

Aciag 

Mais cedo, Marconi participou de reunião na Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag). Lá ele se reuniu com o presidente da Aciag, José Luís Celestino, empresários e os ex-prefeitos Misael Oliveira (Senador Canedo), e Macedo (Aparecida de Goiânia). Ele debateu propostas que trabalhará no Senado, como a manutenção dos incentivos fiscais.
Postar um comentário