Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Thermas Jatahy


sexta-feira, 27 de julho de 2018

Senta que lá vem mais história

EPAMINONDAS HONÓRIO CAMPOS – Prefeito que valeu a pena.
Por DC Mello
Epaminondas Campos não foi um prefeito qualquer. No exercício de seu mandato, numa época em que a Prefeitura vivia com as finanças esfaceladas, criou o Departamento Municipal de Estradas de Rodagem. Ao final do seu governo comprou da Igreja Matriz uma área de 24 alqueires e metade dela foi cedida à Igreja Presbiteriana para construção de um estabelecimento educacional, dando origem ao tradicional Instituto Samuel Graham - ISG. Nessa mesma área, numa ação do ex-prefeito Mauro Antônio Bento, foi construída e instalada a sede da Universidade Federal de Goiás – UFG.

Atendendo pedido do ex-vereador Aristóteles de Rezende, Epaminondas Campos mudou o nome da Praça da Bandeira para Praça Tenente Diomar Menezes.

Terminado seu mandato, por conveniências familiares, Epaminondas se transferiu para a Capital da República e por lá permaneceu até seu falecimento.

Com a morte de Epaminondas a Câmara aprovou Moção de Pesar, a qual foi enviada à família em Brasília. Na reposta, os filhos do ex-prefeito, comentando e agradecendo a gentileza do ato do Legislativo, responderam: "Fazer elogios a um pai é muito difícil. É como falar de nós mesmos... Não recebemos herança, traduzida em bens materiais, mas muito mais do que isso. A certeza de que a vida é boa mesmo nas dificuldades e na velhice; que vale a pena viver para a família e que cada dia representa uma nova oportunidade de crescimento pessoal".

A correspondência é de 27 de junho de 1995 e foi assinada pelos filhos Elina, Iolita, Layse e Gerson.
Postar um comentário