Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Projeto Sonho de Natal 2018




quarta-feira, 16 de maio de 2018

Kajuru diz que pode disputar o governo de Goiás

O vereador ressaltou que seus eleitores preferem que dispute mandato de senador

O vereador Jorge Kajuru (PRP) afirma que, baseado numa pesquisa, pode ser candidato a governador de Goiás. Os eleitores, segundo a pesquisa, ainda não definiram em quem vão votar para o governo — o quadro político-eleitoral está aberto. Mas insiste que prefere disputar mandato de senador. “86% dos meus seguidores nas redes sociais querem que eu dispute uma vaga no Senado.” Declara que fará a campanha, para governador ou senador, de ônibus.

Aos que defendem que deve disputar mandato de deputado, ele disse, no programa “Roda de Entrevista”, da Televisão Brasil Central, que só disputa um lutar na Câmara dos Deputados se a população goiana decidir que este deve ser o seu projeto. Ele espera a manifestação de seus 4.812 seguidores no Facebook.

Kajuru disse que, na disputa para senador, uma vaga deverá ser de Marconi Perillo, do PSDB, e a outra sua. Na entrevista, criticou o senador Wilder Morais (teria “171”… votos), sem mencionar seu nome, lembrado pelo repórter Cristiano Silva.

A educação em Goiânia, na gestão de Iris Rezende, estaria caótica. Segundo Kajuru, a Secretaria da Educação estaria sendo utilizada para abrigar cabos eleitorais de Iris Araújo.

Perguntaram o que achou do fato de o deputado estadual Humberto Aidar ter trocado o PT pelo MDB. Kajuru disse que ele deveria ter saído antes.

O vereador frisa que a Prefeitura de Goiânia colocou 450 novos fotossensores nas ruas. Segundo Kajuru, os fotossensores ficam atrás de postes. Os motoristas que passam de 50 km por hora têm de pagar multa de 800 reais, critica o líder do PRP.

A maior parte dos recursos financeiros de Kajuru são destinados aos seus advogados. É o preço da liberdade, sugere. O vereador revela que, num olho, sua visão é escassa (6%). Sublinhou que seus problemas de saúde — como diabetes — não vão impedir sua candidatura.

Dizendo que prefere Daniel Vilela como deputado federal, Kajuru frisa que, ao apoiar determinadas medidas do governo do presidente Michel Temer, ele se desgastou. Ele “precisa se redimir. Mas é melhor do que muitos políticos tradicionais.”

Inquirido sobre o pré-candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, Kajuru disse que tem virtudes. “Mas é vazio, inculto. Nunca leu Fiódor Dostoiévski e Liev Trotski. Tem gente mais preparada do que ele”. Fonte: Opção
Postar um comentário