Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Cultura jataiense. Venha e participe.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Caiu na Rede deu no JN

Segundo internauta, "há um exagero, uma "glamourização" do fato.

Suely Borges Soares 

"Toda esta celeuma é ridícula, tanto de um lado como do outro. Pra mim a questão é: ela é um defunto comum, não virou Santa nem demônio por ter sido assassinada, há um exagero, uma "glamourização" do fato, querem transforma-la em mártir, notadamente num país, num estado onde tantos são assassinados, a exemplo dos policiais militares .. mais, ela defendia ideias que pra mim, são no mínimo questionáveis. Não foi morta por ser mulher, negra e homossexual, mas por ter enfrentado "forças" poderosas, criminosas, não apenas uma. Agora transforma-la em mártir, heroína? Exagero....como disse, nem anjo, nem demônio."

Suely Borges é Administradora de empresa formada pela Faculdade Cesut onde foi Coordenadora Pedagógica, também formada em pedagogia e direito pela FESURV UNIFAN, atualmente é gerente de ensino na Indy Car Goiânia 
Postar um comentário