Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Aconteceu na Câmara Municipal de Jataí

Foto: Gidros / Parque do Memorial JK
Carvalhinho pede reforma do ginásio do bairro Estrela Dalva

O vereador Agustinho de Carvalho Filho, o "Carvalhinho", requereu à administração municipal a reforma geral do ginásio de esportes do bairro Estrela Dalva. Desta forma, seria estimulada a prática esportiva e seriam promovidos qualidade de vida, bem-estar e lazer aos moradores, não só daquele setor, mas também do bairro Francisco Antônio.

Adilson quer sinalização e vigilância para evitar afogamentos em lagos

O vereador Adilson Carvalho solicitou ao executivo a instalação de placas de advertência proibindo o banho nos lagos urbanos. Ele também sugeriu que os guardas desses lugares façam rondas permanentes pela orla para evitar que casos de afogamento voltem a ser registrados. "Na maioria dos nossos lagos, não há placas nem salva-vidas, o que aumenta o risco de afogamento", disse ele.

Carapô requer semáforo para cruzamento de avenidas

O vereador José Carapô reivindicou à prefeitura a implantação de um semáforo no cruzamento das avenidas Castelo Branco e Veriano de Oliveira Lima. A falta de visibilidade naquele ponto, devido ao aclive acentuado e à presença de um imóvel na esquina, aumenta o risco de acidentes, o que é agravado pelos fatos de que o movimento é intenso nas duas vias e que muitos condutores abusam da velocidade nas duas vias da Castelo Branco.

Marcos Antônio: alterado prazo para apreciação de projetos com solicitação de urgência

A Câmara aprovou projeto de resolução do vereador Marcos Antônio que aumenta de 15 para 45 dias, no máximo, o prazo para apreciação de projetos de iniciativa do prefeito ou de um terço dos vereadores, com solicitação de urgência. "Visa-se, assim, dar uma simetria com o processo legislativo constitucional, já que nossa Constituição Federal estabelece o prazo de 45 dias para cada casa apreciar projetos nesta modalidade de tramitação", afirmou. "Não existe pertinência lógica para que nosso regimento estabeleça prazo tão reduzido".

Nenhum comentário: