Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

Thermas Jatahy


terça-feira, 5 de setembro de 2017

A guarda civil municipal e seus... preambulos

Semana passada foi uma semana quente, não só do clima em si, mas a respeito da GCM

Muitos vereadores fizeram uso da palavra em defesa da criação da GCM mas não polparam críticas até mesmo contra o governo do estado o que deu destaque ao vereador Thiago Maggioni que sabiamente usa suas palavras em seus discursos. 

Em nota a Câmara Municipal, através de seu jornalista chefe Francisco Cabral, transcreve toda a sessão e o JN trás aqui a citação do vererador Thiago Maggioni:

"Mesmo sendo aliado do governador Marconi Perillo, o vereador Thiago Maggioni não eximiu o governo estadual de críticas. "Segurança pública é dever e obrigação do Estado. Infelizmente o Estado tem voltado pouco os olhos para o município - e também para todo o território goiano - na área de segurança pública", disse ele. "Temos informações sobre os gastos realizados em Aparecida de Goiânia, onde a PM formou os guardas municipais. O mesmo vai acontecer em Jataí, sem custo para a prefeitura, pois já acertamos tudo com a Polícia Militar. Segurança pública não é obrigação do prefeito ou dos vereadores, mas estamos aqui para propor soluções. Nossa proposta é de começar o projeto com 40 homens, podendo, no futuro chegar a 100. Para que tenhamos viaturas e armamentos no futuro, por meio do Estado, temos que criar antes a Guarda Civil Municipal. Por isso o projeto apresentado pelo executivo jataiense, que prevê despesas de apenas 0,25% do orçamento municipal. Se o prefeito enviou o projeto, é porque ele considera que Jataí pode manter a Guarda Civil. É importante que votemos o projeto neste semestre, pois até o final do ano votaremos a dotação orçamentária para 2018".
Postar um comentário