Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Polícia Civil investiga crime de estelionato praticado por funcionário da prefeitura de Jataí

Segundo informações da Delegada Daniela Paula Rusa o servidor municipal Adalto Barbosa de Magalhães 
e outra pessoa estavam praticando crimes de estelionato na cidade de Jataí.

Plantão JTI 
O acusado estava vendendo lotes de terceiro dizendo  que era da Prefeitura, e que o poder municipal  tinha um projeto para pequenos empresários para fomentar empregos. Eles tentavam vender os lotes, localizado sem setores nobres da cidade, por uma quantia VINTE MIL REAIS, quantia esta muito abaixo do preço de mercado.

Foi apurado que quatro empresários foram lesados nessa empreitada criminosa praticada e orquestrada pelo servidor Adalto. Ele se apropriava do dinheiro dos empresários depositados em sua conta bancária, ele já havia arrecadado uma quantia superior a 300 Mil Reais. Para ganhar tempo ele prometia que  em 45 dias entregava as escrituras para as vítimas.

Segundo a delegada a prefeitura instaurou procedimento administrativo contra o funcionário que usava indevidamente o nome do município e também o nome do prefeito municipal. A delegada fez questão de ressalta que o prefeito não tinha nenhum conhecimento desta prática criminosa, e assim que soube o que estava acontecendo procurou a polícia.

Veja a entrevista completa da delegada Dr. Daniela Paula Rusa.


Um comentário:

João Luiz Pereira Tavares disse...


A volta de decoro no Brasil:

UM MOMENTO, APENAS UM!, SUI GENERIS. EIS:

Em 2016 houve fato fabuloso sim, apesar de Vanessa Grazziotin falar que não, dessa forma assim:

"O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas", diz Grazziotin.

Mas, por outro lado, nem que seja apenas 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente e só, um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para o início de um horizonte progressista do Brasil, na vida cultural, na artística, na esfera política, e na econômica. 
Que jamais será esquecido tal nascer dos anos a partir de  2016, apontando para frente. Ano em orientação à alta-cultura. Acontecimento esse verdadeiramente um marco histórico prodigioso. Tal ação acorrida em 2016 ocasionou o triunfo sobre a incompetência. Incrementando sim o Brasil em direção a modernidade, a reformas e mudanças positivas e progressistas. Enfim: admirável. 

Qual foi, afinal, essa ação sui-generis?

Tal fato luminoso foi o:

-- «Tchau querida!» [impeachment de Dilma].

Eis aí um momento progressista, no ano de 2016. Sem PeTê.

Feliz 2017.