Radio Line e Rádio Ideias apresentam, Frequência de Classe 54

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Médico é denunciado por morte de bebê em Rio Verde

Imagem ilustrativa Google
O médico Lásaro Barbosa de Faria Neto foi denunciado pelo Ministério Público pelo crime de homicídio culposo praticado contra Pietro Picoli Palm, de oito meses de idade, em Rio Verde, em julho do ano passado.
De acordo com a promotora de Justiça Yashmin Crispim Baiocchi de Paula e Toledo, o médico não observou os cuidados necessários para o atendimento pediátrico do bebê e as regras técnicas da profissão, causando, por negligência e imperícia, a morte da criança.
O crime
Segundo relata a denúncia, por volta das 15h30, do dia 26 de julho de 2012, Daiane e o filho estavam em casa quando ele acidentalmente caiu do sofá, batendo com a cabeça no chão. Imediatamente, a mãe acionou por telefone a pediatra da criança e foi orientada procurar o pronto socorro do Hospital Santa Terezinha, em Rio Verde.
Já na unidade, o bebê vomitou, preocupando ainda mais a mãe, e foi encaminhado para ser atendido por Lásaro Neto, que fazia plantão naquele momento. O médico verificou os sinais vitais da vítima, anotando no prontuário do paciente que, durante o atendimento, a temperatura era baixa, mais precisamente de 35° C. Durante o atendimento, a mãe informou detalhes do acidente e falou sobre o vômito quando da chegada do bebê no hospital, o que foi considerado normal pelo pediatra, acrescentando que a história de que criança não pode dormir nem vomitar após tombos é mito e que a mãe não precisava se preocupar.
A mãe, então, perguntou se o médico não iria realizar uma tomografia ou outro exame para constatar a extensão do ferimento, ocasião em que disse não ser necessário, dando alta à vítima. Orientou também que se a criança quisesse dormir, poderia deixar, mas se alguma coisa anormal acontecesse, deveria entrar em contato por telefone. Leia mais/IG

Nenhum comentário: